Disputa acirrada entre equipes na 4ª Etapa do Sertões 2020

·        Rodrigo Varela e Gunnar Dums vencem a etapa e abrem vantagem na classificação geral;
·        Nelsinho Piquet finaliza o dia na 8ª posição em sua última participação no Sertões 2020.

Rodrigo Varela e Gunnar Dums na liderança com o Maverick X3. Crédito: Doni Castilho

Rodrigo Varela e Gunnar Dums na liderança com o Maverick X3. Crédito: Doni Castilho

Depois de muita chuva e cancelamento da etapa anterior devido ao mau tempo, o Sertões 2020 voltou a levantar a poeira nesta quarta-feira. Os UTVS rodaram 650 quilômetros entre especiais e deslocamento, partindo de Campos Belos (GO) e chegando em Palmas (TO), com os Maverick X3 ditando o ritmo na classificação geral.

Rodrigo Varela e Gunnar Dums, da Can-Am Monster Energy, tiveram um ótimo dia de prova, com a liderança na 4ª etapa e abriram 5 minutos de vantagem sobre os vice-líderes na Geral. “Hoje foi uma especial muito boa, muito rápida, de muita velocidade. Mesmo sendo um trecho com muitas curvas sinuosas, o perigo era mesmo errar nas freadas. Abrimos boa vantagem e agora é focar na estratégia da segunda metade do rally”, comemorou Rodrigo Varela.

Deninho Casarini e Ivo Mayer, da Casarini Racing, seguem forte na disputa ainda com boas chances de conquistar o título. A dupla, que largou em quarto lugar nesta 4ª etapa, ajudou no socorro de um participante de moto e ainda chegou na 2ª colocação com apenas 2 minutos de diferença para a dupla líder. “Seguimos na luta, tocando forte. Mantivemos a 2ª colocação na geral e abrindo 15 minutos para o 3º colocado. A luta vai ser boa nessas próximas etapas”, comentou Casarini.

No seu terceiro dia de competição, Nelsinho Piquet comemorou sua 8ª posição nessa quarta-feira. “Estou muito feliz em terminar essa etapa. Fui bem cauteloso para poder levar até o fim, sem pneu furado ou passar por outros problemas mecânicos e deu tudo certo. É uma experiência incrível de estar correndo, comendo e dormindo ao lado dos carros. Eu amo esse ambiente, que me lembra as provas na Les Mans. Independentemente de estar na poeira e passar por diversos perrengues, poder atravessar o Brasil é muito legal. Curtir as paisagens competindo, tudo é maravilhoso. Incrível”, resumiu a sua participação.

O patriarca da Família Poeira, campeão do Dakar 2018, junto com seu navegador Gustavo Gugelmin da equipe Can-Am Monster Energy, completaram a prova à frente de Nelsinho, na 7ª posição, melhorando sua classificação geral.

A dupla feminina Helena Deyama e Josi Koerich, da equipe MUSA, Mulheres Unidas Sertões Adentro, pegaram o ritmo, correram forte e encerraram o dia na 29ª posição, subindo 21 posições desde a largada.

As duplas Deni Nascimento e Idali Bosse, da Bompack Can-Am, Gabriel Varela e Eduardo Shiga, e Bruno Varela e Gustavo Bertolanza, ambas da Can-Am Monster Energy, tiveram problemas e não finalizaram a prova de hoje, ficando bem atrás dos líderes.

Celebridade

O DJ Alok fez sua participação no Sertões, pilotando um Maverick X3 pela equipe Can-Am Varela Divino Fogão Rally Team. ”O UTV é extremamente potente, ou seja, exige muita responsabilidade para pilotar. O Sertões não é para faixa branca. Como sou café com leite decidi ir na manha, mas foi muito divertido, mesmo ficando em último lugar. Na verdade, último não. Como o campeão brasileiro teve problemas pelo caminho, posso dizer que fiquei na frente dele”, brincou o DJ.

Veja a classificação extra oficial da 4ª Etapa:

1 – Rodrigo Varela / Gunnar Dums - CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 4h01min45seg

2 – Deninho Casarini / Ivo Mayer - CAN-AM MAVERICK X3  – 4h04min01seg

3- Guilherme Benchimol / Daniel Spolidorio – CAN-AM MAVERICK X3 XRC - 4h12min39seg

4 – Marcelo Tomasoni / Breno Resende - CAN-AM MAVERICK X3 – 4h12min46seg

5- Richard Fliter / André Munhoz - CAN-AM MAVERICK X3 – 4h14min47seg

6 – Rodrigo Luppi / Maykel Justo - CAN-AM MAVERICK X3 XRC – 4h18min19seg

7 – Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin - CAN-AM MAVERICK X3 XRS - 4h18min31seg

8 – Nelson Piquet Jr / Marcos Pastein - CAN-AM MAVERICK X3 - 4h18min42seg

9 –Gabriel Cestari / Jhonatan Ardigo - CAN-AM MAVERICK X3 XRS - 4h19min00seg

10 – Thiago Torres / Sergio Avallone –  4h20min07seg

Acompanhe a classificação Geral Extra Oficial da categoria UTV:

1 – Rodrigo Varela / Gunnar Dums - CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 13h25min00seg

2 – Deninho Casarini / Ivo Mayer - CAN-AM MAVERICK X3  – 13h30min21seg

3 – Rodrigo Luppi / Maykel Justo - CAN-AM MAVERICK X3 XRC – 13h45min17seg

4 – Richard Fliter / André Munhoz - CAN-AM MAVERICK X3 – 13h51min13seg

5 – Marcelo Tomasoni / Breno Resende - CAN-AM MAVERICK X3 – 13h52min58seg

6 – Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin - CAN-AM MAVERICK X3 XRS - 13h53min00seg

7 – Gabriel Cestari / Jhonatan Ardigo - CAN-AM MAVERICK X3 XRS - 13h59min27seg

8 – Cristiano Batista / Robledo Nicoletti- CAN-AM MAVERICK X3 XRS - 14h13min11seg

9 – Silvio Martins / Winicius Martins - CAN-AM MAVERICK X3 –  14h13min26seg

10 – Jose Rufino / Jose Fiuza Neto - CAN-AM MAVERICK X3 XRS - 14h16min00seg

O ROTEIRO SERTÕES 2020

O Sertões 2020 saiu da Fazenda Velocittá, em Mogi Guaçu (SP) dia 30/10 e chega em Barreirinhas (MA) dia 07/11. Vai cruzar cinco Estados e o Distrito Federal – SP, MG, DF, GO, TO e MA. Este ano, excepcionalmente, não haverá chegada às cidades anfitriãs. Toda a caravana se fechará em bolhas – locais isolados, afastados de adensamento.  Esses locais serão mantidos sob sigilo, a fim de evitar aglomeração. Os locais exatos das bolhas só serão revelados aos competidores na véspera. Todos seguirão por uma rota pré-estabelecida e monitorada.

Sobre canam

Blog oficial Can-Am Off-Road Brasil.
Esta entrada foi publicada em Can-Am no Sertões e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.