Brasileiros defendem a liderança dos UTVs no Mundial de Rally Cross Country

Piloto Reinaldo Varela e o navegador Gustavo Gugelmin competem com o UTV Can-Am Maverick X3 na etapa do Cazaquistão
Fonte: Mundo Press

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin com o UTV Can-Am Maverick X3 no Campeonato Mundial de Rally Cross Country 2019 Crédito: MCH Photography

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin com o UTV Can-Am Maverick X3 no Campeonato Mundial de Rally Cross Country 2019 Crédito: MCH Photography

O piloto Reinaldo Varela e o navegador Gustavo Gugelmin, da equipe Monster Energy/Can-Am, defendem a liderança da categoria T3.1, que reúne os UTVs do Campeonato Mundial de Rally Cross Country. A terceira etapa da temporada 2019 será realizada entre os dias 26 de maio e 1º de junho no Cazaquistão, com chances da dupla brasileira comemorar o título com uma rodada de antecipação. Eles competem a bordo do Can-Am Maverick X3, o veículo atual bicampeão dos UTVs no Rally Dakar.

A largada e a chegada do Rally Cazaquistão terão como palco a cidade de Aktau, localizada na costa leste do Mar Cáspio. O desafio inclui seis etapas na região de Mangystau, com percurso total de aproximadamente 2500 quilômetros – cerca de dois mil deles de trechos cronometrados (especiais).

“A prova será novidade para mim. Dizem que o roteiro traz todos os tipos de terrenos”, disse Reinaldo Varela. Ao lado de Gugelmin, ele tem no currículo o título da categoria para UTVs no Rally Dakar 2018. “A expectativa é marcar o maior número de pontos possível. Se der tudo certo, vamos buscar a vitória e, dependendo da combinação de resultados, podemos ser campeões. Esses pontos são muito importantes”, concluiu o piloto.

Sobre canam

Blog oficial Can-Am Off-Road Brasil.
Esta entrada foi publicada em CAN-AM, Rally Cross Country. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.