Piauí trabalha na sinalização de trilhas para quadriciclos e UTVs

Projeto idealizado pela BRP em conjunto com o Governo do Estado planeja estender o mapeamento para toda a Rota das Emoções, que ainda passa pelo CE e pelo MA
Fonte: Mundo Press
No Piauí, quadriciclos e UTVs ganham trilhas sinalizadas com infraestrutura para o turismo off-road Crédito: Adilson Greco Gaspar/BRP

No Piauí, quadriciclos e UTVs ganham trilhas sinalizadas com infraestrutura para o turismo off-road Crédito: Adilson Greco Gaspar/BRP

O Brasil é um país a ser descoberto por quem é apaixonado pelo ambiente off-road. No Piauí, os fãs de quadriciclosUTVs ganharão trilhas sinalizadas com infraestrutura de ponta no litoral. A implementação foi possível após iniciativa inédita do Governo do Estado e da BRP, responsável pela fabricação dos veículos off-road da Can-Am. A ideia é que o mapeamento englobe toda a Rota das Emoções, que ainda passa pelo Ceará e pelo Maranhão.

O objetivo principal é fomentar o ecoturismo e a economia local. Com paisagens paradisíacas, o Piauí terá aproximadamente 100 quilômetros de um único caminho para quadris e UTVs, com poucos trechos de transição asfaltados. O trajeto é formado por trilhas que já existem em Cajueiro da Praia, Luis Correia, Parnaíba e Ilha Grande. A região oferece infraestrutura necessária para a aventura, incluindo hospedagem, alimentação, combustível, ambulâncias e viaturas policiais.

“Em conjunto com o governador Wellington Dias, idealizamos a criação de um sistema de trilhas interligadas para veículos off-road. O percurso será identificado por coordenadas de GPS e devidamente sinalizado no intuito de promover o turismo off-road para os brasileiros e os estrangeiros no litoral do Piauí”, explicou Fernando Alves, gerente comercial da BRP.

“O Brasil é perfeito para proporcionar experiências incríveis no ambiente off-road. O trecho no Piauí será pioneiro neste sentido, já que o projeto piloto e único no país será viabilizado pelo governo local”, continuou. De acordo com Alves, a BRP dará todo o apoio necessário para que a iniciativa sirva de exemplo na área de turismo. “Estamos comprometidos em cooperar. Iremos alavancar o projeto na rede de concessionários BRP, que inclui mais de 70 pontos pelo país, e também com clientes brasileiros e internacionais.”

Por oferecerem diversas opções de passeios e expedições para quadris e UTVs, os revendedores BRP já são referência no segmento. “O sistema interligado de trilhas visa aumentar as opções de diversão de forma segura, respeitando as comunidades locais e o meio ambiente. Desta forma, o desenvolvimento da economia local é possível e de forma sustentável”, acrescentou Alves.

A iniciativa no Piauí é o início de um sonho totalmente possível. “Gostaríamos de poder sair pilotando um quadriciclo ou um UTV no Rio Grande do Sul e chegar até o Pará por meio de um sistema de trilhas interligadas. Imaginem as paisagens incríveis do percurso, passando por lugares onde um automóvel não trafegaria. Um passo importantíssimo para chegarmos lá é mobilizar os órgãos competentes para a regulamentação das atividades off-road em nível federal. O Brasil tem todos os fatores para desenvolver o turismo de aventura. Além da natureza, temos um povo hospitaleiro e adorável”, concluiu Alves.

Sobre canam

Blog oficial Can-Am Off-Road Brasil.
Esta entrada foi publicada em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.