Martínez passou a frente com Can-Am, após atraso de Innocente

A 12ª etapa da maior aventura de esporte a motor do mundo foi a mais extensa dessa edição. Com percurso de 931 km, sendo 481 de Especial (trecho cronometrado), uniu San Juan a Carlos Paz, em Córdoba (Argentina).
Fonte: Divulgação BRP / Mariano Iannaccone

Leo Martínez campeão do Dakar 2016 na categoría Quadris 4x4 / Foto: Jorge Gutiérrez

Comprometido com o esforço de tentar concluir o percurso em sua 2ª participação no rally, depois de não conseguir completar a prova em 2015, o argentino Lucas Innocente estava cumprindo seu objetivo com persistência e perseverança. Porém, na penúltima etapa do Dakar 2016, na sexta-feira (15), o piloto de Corrientes acumulou um atraso significativo que o fez perder a frente da categoria Quadris 4×4. De qualquer forma, um Renegade ainda lidera, pois quem passou a ocupar a 1ª posição na classificação da divisão que reúne os ATVs da Can-Am foi o boliviano Leonardo Martínez.

Na classificação do dia, Martinez foi o mais rápido, seguido pelo italiano Franco Picco e o espanhol Eduardo Marcos, mais dois pilotos a bordo de Can-Am Renegade. Tanto para o experiente Picco quanto para o novato Marcos, tratou-se de dar o seu melhor no resultado parcial do Dakar este ano. Martinez venceu com 23 minutos de vantagem sobre Picco, que está comemorando seus 30 anos desde sua estreia no famoso Rally, em 1985. Assim, na classificação geral, Martinez se posicionou à frente na categoria, com duas horas e 27 minutos de margem sobre Innocente que, apesar de problemas, manteve-se em segundo.

Final no sábado com chegada em Rosário:

A 13ª etapa, final do Dakar 2016, ocorreu no sábado (16), com 699 km no total, dos quais 180 km corresponderam à velocidade livre. O percurso foi de estradas sinuosas, setores com fundo mais arenoso, e outros segmentos com pisos mais duros e pedras, terreno ideal para os produtos Can-Am. Rosário coroou aqueles que superaram todos os obstáculos da grande corrida e chegaram até o fim.

E o grande campeão na categoria Quadris 4×4 foi o Boliviano Martinez, garantindo sua vitória graças ao seu desempenho no dia anterior, que o colocou à frente de Lucas Innocente, e com um desempenho ainda maior para continuar em primeiro até o fim da competição.

A classificação dos Quadris 4×4 foi a seguinte:

1º Leonardo Martinez (Can-Am Renegade)
2º Lucas Innocente (Can-Am Renegade)
3º Rómulo Airaldi (Can-am Outlander)
4º Eduardo Marcos (Can-Am Renegade)
5º “Covadonga” Fernández (Can-Am Renegade)
6º Franco Picco (Can-Am Renegade)
7º Pablo Bustamante (Can-Am Renegade)

Parabéns a todos os pilotos e equipes pela participação no maior e mais desafiador rally do planeta! Ano que vem tem mais! ;)

Sobre canam

Blog oficial Can-Am Off-Road Brasil.
Esta entrada foi publicada em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM, CAN-AM DAKAR, CAN-AM DAKAR 2016 e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.