Can-Am vence categorias para UTVs e quadriciclos no Prêmio Guidão de Ouro

Outlander 1000 Max Limited (Melhor ATV) e Maverick X3 Max X RS (Melhor UTV) conquistam troféus; Bruno Varela e Geison Belmont são os pilotos mais votados
Fonte: Mundo Press

Premiação Guidão de Ouro Crédito: Revista Dirt Action

Premiação Guidão de Ouro Crédito: Revista Dirt Action

A Can-Am foi a grande vencedora das categorias para UTVs e quadriciclos no 13º Prêmio Guidão de Ouro. A marca canadense conquistou troféus com os modelos Can-Am Outlander 1000 Max Limited, eleito o “Melhor ATV”, e Can-Am Maverick X3 Max X RS, destaque da categoria “Melhor UTV”. A cerimônia de premiação, realizada na noite desta terça-feira (8) na capital paulista, foi promovida pela revista Dirt Action, da Adrenal Editora.

Os ganhadores foram escolhidos após dois meses de votação aberta no site da publicação, considerada uma das mais prestigiadas do segmento off-road, a qual levou em conta o desempenho obtido na temporada 2017.

“Desde que as categorias para quadris e UTVs foram criadas no Guidão de Ouro, em 2014, a Can-Am sempre é lembrada pelos leitores da Dirt Action”, disse Fernando Alves, gerente comercial para o Brasil da BRP, grupo responsável pela Can-Am.

“Com a conquista desses dois troféus, a galeria já soma sete taças oferecidas aos nossos produtos, o que é uma grande honra para a marca. O fato mostra o reconhecimento pelo trabalho diário no desenvolvimento dos melhores quadris e UTVs para o off-road”, acrescentou Alves.

Campeão dos UTVs no Rally dos Sertões e no Brasileiro de Rally Baja em 2017, o paulista Bruno Varela começou a temporada com força máxima a bordo do Can-Am Maverick X3. Ele confirmou o título inédito do Rally Merzouga 2018, no Marrocos, e também comemorou a preferência do público no Guidão de Ouro.

“A categoria para UTVs é a que mais cresce nas competições e todos estão convidados para competir e torcer por nós. Estou muito feliz por ter conquistado o Prêmio Guidão de Ouro pela primeira vez, agradeço a todos que votaram”, disse Bruno Varela.

Geison Belmont, do Rio de Janeiro, é o atual campeão brasileiro de Rally Cross Country entre os quadriciclos. Ele compete com o Can-Am Renegade há quatro anos. “Esta é a segunda vez que eu conquisto o Prêmio Guidão de Ouro e estou muito feliz. Tive apoio de diversas regiões do Brasil, o público e os amigos de todas as partes trouxeram um grande reconhecimento para esses anos de luta”, concluiu Belmont.

Galeria de troféus da Can-Am no Prêmio Guidão de Ouro

Produtos
Can-Am Maverick X3 Max X RS – Melhor UTV 2018
Can-Am Outlander 1000 Max Limited – Melhor ATV 2018
Can-Am Maverick 1000 X ds Turbo – Melhor UTV 2017
Can-Am Outlander 1000 MAX XT-P – Melhor ATV 2016
Can-Am Maverick MAX X rs 1000R – Melhor UTV 2015
Can-Am Renegade 1000 Xxc – Melhor ATV 2015
Can-Am Outlander 1000 X mr – Melhor ATV 2014

Pilotos
Bruno Varela – Melhor Piloto de UTV 2018
Geison Belmont – Melhor Piloto de ATV 2018
Enrico Amarante – Melhor Piloto de UTV 2017
Geison Belmont – Melhor Piloto de ATV 2017
Bruno Sperancini – Melhor Piloto de UTV 2016
Bruno Sperancini – Melhor Piloto de UTV 2015
Gabriel Varela – Melhor Piloto de ATV 2014

Publicado em CAN-AM

Brasileiro de Rally Baja – Rodrigo Varela amplia liderança dos UTVs

Piloto vence o 12º Rally Cuesta Off-Road a bordo do Can-Am Maverick X3, a escolha dos 13 competidores mais rápidos da prova em Botucatu (SP).
Fonte: Mundo Press

Rodrigo Varela, líder dos UTVs no Brasileiro de Rally Baja, acelera o Can-Am Maverick X3 no Rally Cuesta Off-Road Crédito: Cadu Rolim/DFotos

Rodrigo Varela, líder dos UTVs no Brasileiro de Rally Baja, acelera o Maverick X3 no Rally Cuesta Off-Road. Crédito: Cadu Rolim/DFotos

Rodrigo Varela ampliou a vantagem na liderança da categoria para UTVs do Campeonato Brasileiro de Rally Baja. O piloto paulista venceu o 12º Rally Cuesta Off-Road a bordo do Can-Am Maverick X3, veículo que foi a escolha dos 13 pilotos mais rápidos da prova realizada neste domingo (6) em Botucatu (SP). O evento somou quase 400 quilômetros de trajeto, incluindo 316 de trechos cronometrados, e valeu como a quinta e a sexta etapas da competição nacional.

“Esta foi a minha terceira vitória no Rally Cuesta Off-Road e estou muito feliz. Consegui abrir vantagem e respirar um pouco na liderança do Brasileiro, mas já estou pronto para a próxima. Quero ganhar o máximo de etapas possível para garantir a taça”, contou Rodrigo Varela, que busca o segundo título brasileiro da carreira.

Patrocinado pela Can-Am, o Rally Cuesta Off-Road trouxe desafios variados. “Havia dois tipos de terreno, areia e cascalho, e o percurso foi bem técnico e com trechos que exigiram ainda mais cautela. Passamos no meio de zonas de reflorestamento de eucalipto e a prova foi marcada por muita velocidade”, continuou.

O Can-Am Maverick X3 mostrou porque é o atual campeão da categoria para UTVs no Rally Dakar, no Rally Merzouga e no Rally dos Sertões. “O veículo, mais uma vez, teve um desempenho perfeito e ditou o ritmo da prova”, concluiu Varela. As duas próximas etapas do Brasileiro de Rally Baja estão marcadas para os dias 21 e 22 de julho, em São Manuel (SP).

Resultados UTVs – 12º Rally Cuesta Off-Road
1 – RODRIGO VARELA – 4:34:37 – Can-Am Maverick X3
2 – EDU PIANO – 4:38:20 – Can-Am Maverick X3
3 – MAURICIO PENA ROCHA – 4:38:57 – Can-Am Maverick X3
4 – GUILHERME CYSNE – 4:40:49 – Can-Am Maverick X3
5 – CRISTIANO BATISTA – 4:42:20 – Can-Am Maverick X3
6 – DENINHO CASARINI – 4:43:53 – Can-Am Maverick X3
7 – DANIEL MAHSEREDJIAN – 4:44:02 – Can-Am Maverick X3
8 – ANDRE HORT – 4:47:44 – Can-Am Maverick X3
9 – WILKER CAMPOS – 4:49:18 – Can-Am Maverick X3
10 – DANIEL COSTA – 4:50:22 – Can-Am Maverick X3
11 – GABRIEL DE PAULA CESTARI – 4:50:45 – Can-Am Maverick X3
12 – ANDRE MACEDO CORREA – 4:50:49 – Can-Am Maverick X3
13 – RICARDO GALLI – 4:51:17 – Can-Am Maverick X3

Publicado em Campeonato Brasileiro de Rally Baja, Can-Am Maverick

Produtos BRP estão no Porto Velho Shopping até domingo (6)

Bingool Motos e Náutica expõe motos aquáticas da Sea-Doo e veículos off-road da Can-Am na capital de Rondônia
Fonte: Mundo Press

Concessionária BRP Bingool leva produtos BRP ao Shopping Porto Velho Crédito: Divulgação/Bingool

Concessionária BRP Bingool leva produtos BRP ao Shopping Porto Velho Crédito: Divulgação/Bingool

Os produtos BRP podem ser vistos de perto no Porto Velho Shopping, na capital de Rondônia, até este domingo (6). A iniciativa é da Bingool Motos e Náutica, concessionária das marcas assinadas pelo grupo canadense, referência mundial no segmento de powersports.

O espaço está localizado no piso térreo do Porto Velho Shopping, na Praça de Eventos Calama. A equipe Bingool recebe o público nos horários de funcionamento do local, que são das 10h às 22h e, exclusivamente no domingo, das 12h às 20h.

Além de modelos da linha 2018 das motos aquáticas Sea-Doo, incluindo o RXT-X com sistema de som, estão expostos os veículos off-road da Can-Am, como os UTVs Maverick X3Defender e os quadriciclos Outlander.

“É a primeira vez que expomos no Porto Velho Shopping e os produtos chamam muita atenção do público”, contou Francileido Aparecido, consultor de vendas da Bingool. “Além de tirar fotos com os produtos, todos perguntam mais detalhes e se mostram muito interessados pelos modelos”, continuou.

As motos aquáticas já são tradição em Rondônia. “O rio de Candeias do Jamari, cidade que fica a 20km de Porto Velho, é o ponto de encontro dos proprietários de motos aquáticas. Os veículos off-road conquistam mais espaço a cada dia. Há muitos lugares para andar de quadris e UTVs nas regiões próximas e a comunidade está sendo fortalecida”, concluiu Aparecido. Para mais informações, o telefone de contato da Bingool é (69) 3217-1730.

Publicado em CAN-AM

Rally Cuesta Off-Road, em Botucatu, dá sequência ao Brasileiro de Rally Baja

Prova no interior paulista tem o patrocínio da Can-Am e mais de 35 UTVs inscritos para as disputas deste fim de semana (5 e 6)
Fonte: Mundo Press

Rodrigo Varela lidera os UTVs do Brasileiro de Rally Baja 2018 com o Can-Am Maverick X3 Crédito: Doni Castilho/DFotos/Mundo Press

Rodrigo Varela lidera os UTVs do Brasileiro de Rally Baja 2018 com o Can-Am Maverick X3 Crédito: Doni Castilho/DFotos/Mundo Press

O Brasileiro de Rally Baja tem sequência neste fim de semana (5 e 6), com a realização da quinta e da sexta etapas do campeonato. As disputas ocorrem no 12º Rally Cuesta Off-Road, que conta o patrocínio da Can-Am e mais de 35 UTVs inscritos. Com quase 400 quilômetros de trajeto, incluindo 316 de trechos cronometrados, a prova também possui categorias para quadriciclos, motos e carros.

A base do evento será o Shopping Botucatu. Na classificação geral dos UTVs no Brasileiro de Baja, os irmãos Rodrigo e Bruno Varela ocupam a liderança e o segundo lugar da tabela, respectivamente. “Temos bastante experiência no Rally Cuesta Off-Road, que é tradicional. As disputam sempre trazem bastante velocidade e estou preparado em busca de mais uma vitória”, disse Rodrigo Varela.

A categoria promete disputas acirradas, já que outros nomes de peso estão confirmados, como dos pilotos Deni Nascimento (Sanáutica), Maurício Pena Rocha (Quadrijet) e Edu Piano. Todos aceleram o UTV Can-Am Maverick X3, o veículo atual campeão da categoria no Rally Dakar, no Rally Merzouga e no Rally dos Sertões.

Ação socioeducativa – Há 16 anos nos bastidores dos principais ralis do país, o Projeto Ideia Fixa estará presente em Botucatu (SP) pela quarta temporada consecutiva. As ações socioeducativas serão direcionadas aos 170 alunos da Escola Municipal Professor Francisco Guedelha, no Parque Marajoara.

A visita dos voluntários está marcada para as 10h desta sexta-feira (4). A programação inclui apresentação de fantoches e interpretação de histórias, além da distribuição de kits com produtos de higiene bucal e pessoal. O Projeto Ideia Fixa tem o patrocínio da Can-Am e já beneficiou mais de 143 mil pessoas pelo Brasil.

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS

GP Powersports comemora 30 anos com loja renovada em Belo Horizonte

Concessionária BRP apresenta novidades no bairro do Estoril, na capital mineira, com infraestrutura completa para receber os clientes
Fonte: Mundo Press

Concessionária BRP GP Powersports apresenta nova configuração da loja em Belo Horizonte (MG) Crédito: Albertu Wu/GP Powersports

Concessionária BRP GP Powersports apresenta nova configuração da loja em Belo Horizonte (MG) Crédito: Albertu Wu/GP Powersports

GP Powersports é referência no mercado há 30 anos quando o assunto são veículos motorizados que unem diversão e performance. Para comemorar a data, a concessionária dos produtos BRP apresentou loja renovada no bairro do Estoril, em Belo Horizonte (MG), localizada na Avenida Barão Homem de Melo, número 2504.

Os sócios Guilherme Velloso, Júlio Cabizuca e Paulo Gontijo estão por trás do sucesso. A empresa é revendedora oficial dos produtos BRP desde 1996. Com infraestrutura completa, a loja na capital mineira traz show room das motos aquáticas Sea-Doo, dos motores de popa Evinrude e dos veículos on-roadoff-road da Can-Am, além de boutique de roupas e acessórios das marcas e serviços de pós-venda, como comercialização de peças e assistência técnica.

“A loja está remodelada e muito mais confortável para receber os nossos clientes. Nesses 30 anos, a integração com o público e os serviços de qualidade são a base da GP Powersports”, contou Velloso. Cabizuca completou: “Os produtos que representamos são de alto nível, então os nossos clientes merecem essa loja totalmente reformada e com a melhor estrutura”.

Gontijo ressaltou as melhorias no espaço dedicado à assistência técnica. “A nossa oficina ficou muito mais moderna, nos padrões internacionais da BRP. Possui box individual para cada mecânico, tanque para testar motos aquáticas e até lava a jato. Os produtos da BRP evoluíram muito em termos de tecnologia. A gente precisa acompanhar essa evolução e as necessidades dos clientes”, explicou.

No dia 11 de abril, foi realizado um coquetel para inaugurar oficialmente a nova configuração da loja. A BRP prestigiou o evento e foi representada pelo presidente mundial Bertrand Thiébaut, pelo vice-presidente Sandy Scullion, pelo diretor geral para a América Latina Mattieu Laforest, pelo gerente comercial para o Brasil Fernando Alves e pelo gerente regional de vendas Alexandre Godoy.

“A nova estrutura é importantíssima para os negócios da BRP”, afirmou Fernando Alves. “A GP Powersports oferece uma loja completa para proporcionar experiência única aos clientes, em um ambiente que traz o mesmo padrão de qualidade e identidade visual das lojas BRP que são destaques na América Latina e no mundo. Quem ganha com a iniciativa é a comunidade de Belo Horizonte e região, que poderá aproveitar as instalações e os serviços”, concluiu Fernando Alves.

GP Powersports
Endereço:
Avenida Barão Homem de Melo, número 2504, bairro Estoril, Belo Horizonte (MG)
Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30; Aos sábados, das 9h às 13h
Site oficial: www.gppowersports.com.br

Publicado em CAN-AM

Rally Merzouga – Brasileiros são campeões dos UTVs

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin conquistam resultado histórico no Marrocos a bordo do UTV Can-Am Maverick X3
Fonte: Mundo Press

Gustavo Gugelmin (à esquerda) e Bruno Varela, campeões do Rally Merzouga com o UTV Can-Am Maverick X3 Crédito: Divulgação

Gustavo Gugelmin (à esquerda) e Bruno Varela, campeões do Rally Merzouga com o UTV Can-Am Maverick X3 Crédito: Divulgação

Depois do título do Rally Dakar 2018, o Brasil segue imbatível a bordo do Can-Am Maverick X3 na categoria para UTVs dos principais desafios do Rally Cross Country. O piloto Bruno Varela e o navegador Gustavo Gugelmin venceram o 8º Rally Merzouga, no Marrocos, nesta sexta-feira (20), com 1h35min de vantagem sobre os vice-campeões Eric Abel e Christian Manez, da França. A conquista entra para a história do off-road nacional, já que é o primeiro título do Brasil na prova, considerada um “mini Dakar”.

O roteiro em solo africano incluiu 1159 quilômetros percorridos em cinco dias – 908 km de especiais. “Foi a minha primeira corrida internacional e conseguimos o título inédito para o Brasil”, comemorou o paulista Bruno, filho caçula de Reinaldo Varela, o piloto que venceu a classe para UTVs do Rally Dakar 2018 ao lado do navegador Gugelmin.

“Estamos muito orgulhosos e felizes. O Rally Merzouga foi muito difícil, com bastante duna e pedra no caminho, mas no final saímos vitoriosos e vamos levar mais essa taça para o Brasil”, continuou Bruno Varela.

O catarinense Gugelmin competiu pela primeira vez no Marrocos. “O Rally Merzouga é uma prova completa. Além da navegação pesada, tivemos que superar dunas, pedras, lama e trechos de trial. Passamos por diversos tipos de desafios e é uma grande emoção conquistar esse título inédito”, explicou o campeão do Rally Dakar.

O UTV, mais uma vez, passou ileso pelo teste. “O desempenho foi impecável, não precisamos descer nenhuma vez do Can-Am Maverick X3 durante a corrida. Eu já tinha plena confiança no UTV por conta da performance no Rally Dakar, e a vitória no Rally Merzouga reforça a qualidade da máquina. Se o UTV passa por todos os desafios nos ralis mais difíceis do mundo, imaginem o que pode proporcionar aos fãs do off-road”, concluiu Gugelmin.

Resultados UTVs – Rally Merzouga (extraoficiais)

Resultados acumulados após cinco etapas
1 – Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil) – 17:22:17 – Can-Am Maverick X3
2 – Eric Abel/Christian Manez (França) – 18:57:53
3 – Annet Fischer/Filipe Palmeiro (Alemanha) – 19:08:29 – Can-Am Maverick X3
4 – Frederic Henricy/Eric Bersey (França) – 19:13:03
5 – Juan Miguel Medero/Guillermo Artolachipi (França) – 19:20:17

Resultados – 5ª etapa
1 – Joel Labille/Renaud Niveau (França) – 00:52:04
2 – Frederic Henricy/Eric Bersey (França) – 00:52:05
3 – Davide Cominardi/Gatta Rudi (Itália) – 00:52:14
4 – Juan Miguel Medero/Guillermo Artolachipi (França) – 00:54:41
5 – Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil) – 00:55:14 – Can-Am Maverick X3.

Publicado em CAN-AM

Rio Boat Show tem estande exclusivo para os produtos BRP

Até o dia 22 de abril, concessionária Quadricenter expõe as motos aquáticas Sea-Doo, os veículos Can-Am e o motor de popa Evinrude E-TEC G2
Fonte: Mundo Press

Estande da Concessionária BRP Quadricenter no Rio Boat Show 2018 Crédito: Divulgação

Estande da Concessionária BRP Quadricenter no Rio Boat Show 2018 Crédito: Divulgação

Rio Boat Show traz os destaques do segmento náutico até o dia 22 de abril na Marina da Glória, no Rio de Janeiro (RJ). A concessionária Quadricenter tem estande exclusivo no evento, dedicado aos produtos assinados pela BRP.

O espaço traz as motos aquáticas da linha 2018 da Sea-Doo, que oferecem nova plataforma com aproveitamento total do espaço e casco mais largo e estável – o que permite até banhos de sol e pescarias. A marca oferece diversas opções para quem quer fugir da rotina na água, como os modelos de entrada Spark TrixxGTI 130, também presentes no Rio Boat Show.

motor de popa Evinrude E-TEC G2 é outro atrativo do estande, o qual oferece tecnologia e alta performance nos mais baixos níveis de emissões, além dos quadriciclosUTVsroadsters Spyder da Can-Am, perfeitos para aventuras em chão firme. “O evento é bastante tradicional. Esperamos concretizar bons negócios”, disse Leonardo Lattanzi, proprietário da Quadricenter. A concessionária possui lojas na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, e em Niterói (RJ).

“O público presente no Rio Boat Show tem muita identidade com os produtos da BRP. As motos aquáticas da Sea-Doo são um verdadeiro sucesso, bem como os motores de popa da Evinrude. Com os produtos da Can-Am, que trazem performance e foco no piloto na terra ou no asfalto, a BRP cumpre a meta de proporcionar o melhor para quem quer qualidade e diversão em qualquer ambiente”, concluiu Lattanzi.

Rio Boat Show 2018
Local:
Marina da Glória, Rio de Janeiro (RJ)
Datas e horários de funcionamento: Dias 19 e 20 de abril, das 15h às 22h; Dia 21 de abril, das 12h às 22h; Dia 22 de abril, das 12h às 21h
Ingressos e mais informações: www.rioboatshow.com.br.

Publicado em CAN-AM

Brasileiros lideram os UTVs a um dia da chegada do Rally Merzouga

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin encaram a última etapa nesta sexta-feira (20), com o UTV Can-Am Maverick X3; Dupla tem vantagem de 59min11seg
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally Merzouga 2018 Crédito: Aurelien Vialatte

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally Merzouga 2018 Crédito: Aurelien Vialatte

O piloto Bruno Varela e o navegador Gustavo Gugelmin assumiram nesta quinta-feira (19) a liderança da categoria para UTVs no 8º Rally Merzouga, no Marrocos. Após quatro dias de disputas, os brasileiros encaram a última etapa da prova nesta sexta-feira (20), com apenas 48 quilômetros de especiais (trechos cronometrados). Eles aceleram o Can-Am Maverick X3, o UTV campeão do Rally Dakar, e possuem vantagem de 59min11seg na ponta da tabela da categoria, de acordo com os resultados extraoficiais.

A quarta etapa, formada por 372 km (233 de especiais), marcou o término da disputa em formato maratona, o qual não permitiu auxílio mecânico externo. Os brasileiros fecharam o dia em nono lugar, o suficiente para avançar ao primeiro posto da classificação dos UTVs.

“O nosso dia estava perfeito, mas perdemos tempo no último waypoint. Muitos competidores se perderam por lá”, contou o catarinense Gugelmin, o navegador campeão da categoria no Rally Dakar 2018. “A quarta etapa do Rally Merzouga foi muito difícil. Além da maratona, exigiu muita habilidade na navegação.”

O UTV superou os últimos dois dias e mais de 600 km percorridos sem interferências da equipe de apoio, a South Racing Can-Am. “O Can-Am Maverick X3 passou ileso pela maratona, está perfeito, sem nenhum problema. O veículo irá passar por uma revisão e estaremos prontos para a etapa final, que é curta e requer bastante cautela para não colocar tudo em risco”, concluiu Gugelmin.

A largada da quinta etapa será em linha, ou seja, com os competidores lado a lado. A disputa que define os campeões traz percurso com 100% de dunas na região de Merzouga. O roteiro total da prova soma 1159 quilômetros, incluindo 908 de especiais.

Resultados UTVs – Rally Merzouga (extraoficiais)

Resultados acumulados após quatro etapas
1 – Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil) – 17:19:51 – Can-Am Maverick X3
2 – Eric Abel/Christian Manez (França) – 18:19:02
3 – Annet Fischer/Filipe Palmeiro (Alemanha) – 18:29:59 – Can-Am Maverick X3
4 – Frederic Henricy/Eric Bersey (França) – 18:31:56
5 – Juan Miguel Medero/Guillermo Artolachipi (França) – 18:44:06

Resultados – 4ª etapa
1 – Frederic Henricy/Eric Bersey (França) – 04:09:07
2 – Juan Miguel Medero/Guillermo Artolachipi (França) – 04:19:31
3 – Eric Abel/Christian Manez (França) – 04:24:48
4 – Joel Labille/Renaud Niveau (França) – 04:31:28
5 – Annet Fischer/Filipe Palmeiro (Alemanha) – 04:36:41 – Can-Am Maverick X3
9 – Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil) – 04:41:20 – Can-Am Maverick X3.

Publicado em CAN-AM

Brasileiros assumem a vice-liderança dos UTVs no Rally Merzouga

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin chegam à metade da prova na briga pelo título da classe; Quatro primeiros dos UTVs aceleram o Can-Am Maverick X3
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally Merzouga 2018 Crédito: Lukasz Paczkowski

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally Merzouga 2018 Crédito: Lukasz Paczkowski

O piloto paulista Bruno Varela e o navegador catarinense Gustavo Gugelmin estão na briga direta pelo título dos UTVs no 8º Rally Merzouga, no Marrocos. A dupla brasileira assumiu a vice-liderança da categoria nesta quarta-feira (18) a bordo do Can-Am Maverick X3, o UTV campeão do Rally Dakar. A quarta e penúltima etapa da prova será realizada nesta quinta-feira (19) e ainda segue o formato maratona, ou seja, sem auxílio mecânico externo.

A terceira etapa marcou a metade da prova com 303 quilômetros de percurso (239 deles de especiais). Os brasileiros impuseram ritmo forte e conseguiram subir um degrau na classificação geral dos UTVs, de acordo com os resultados extraoficiais. Eles estão a apenas 16min50seg dos líderes, os portugueses Ruben Faria e Pedro Velosa.

Os norte-americanos Casey Currie e Quin Evans aparecem na terceira colocação da tabela, seguidos por Annet Fischer/Filipe Palmeiro, da Alemanha. Os quatro competidores mais rápidos dos UTVs aceleram o Can-Am Maverick X3. “O Rally Merzouga tem sido muito difícil e extremamente disputado”, disse Bruno Varela, atual campeão dos UTVs no Rally dos Sertões.

“A prova segue em formato maratona, sem dúvidas a próxima etapa será decisiva. Estamos na briga pela vitória e ainda há muita coisa para acontecer até a chegada”, concluiu. O competidor tem a velocidade no DNA, já que é filho de Reinaldo Varela, piloto que foi campeão dos UTVs no Rally Dakar 2018 ao lado do navegador Gustavo Gugelmin.

O percurso total do Rally Merzouga soma 1159 quilômetros, incluindo 908 de especiais (trechos cronometrados). Os campeões serão conhecidos na próxima sexta-feira (20).

Resultados UTVs – Rally Merzouga (extraoficiais)

Resultados acumulados após três etapas
1 – Ruben Faria/Pedro Velosa (Portugal) – 12:19:41 – Can-Am Maverick X3
2 – Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil) – 12:36:31 – Can-Am Maverick X3
3 – Casey Currie/Quin Evans (Estados Unidos) – 12:40:19 – Can-Am Maverick X3
4 – Annet Fischer/Filipe Palmeiro (Alemanha) – 13:53:18 – Can-Am Maverick X3
5 – Eric Abel/Christian Manez (França) – 13:54:14

Resultados – 3ª etapa
1 – Ruben Faria/Pedro Velosa (Portugal) – 04:07:04 – Can-Am Maverick X3
2 – Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil) – 04:16:05 – Can-Am Maverick X3
3 – Casey Currie/Quin Evans (Estados Unidos) – 04:31:45 – Can-Am Maverick X3
4 – Frederic Pitout/Eugénie Decré (França) – 04:32:32 – Can-Am Maverick X3
5 – Joel Labille/Renaud Niveau (França) – 04:39:30.

Publicado em CAN-AM

Brasileiros estão em terceiro lugar na disputa dos UTVs do Rally Merzouga

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin partem para o terceiro dia de prova a bordo do UTV Can-Am Maverick X3; Etapa será em formato maratona
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally Merzouga 2018 Crédito: Lukasz Paczkowski

Bruno Varela e Gustavo Gugelmin a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally Merzouga 2018 Crédito: Lukasz Paczkowski

Após dois dias e mais de 430 quilômetros percorridos, o piloto Bruno Varela e o navegador Gustavo Gugelmin estão em terceiro lugar entre os UTVs do 8º Rally Merzouga, no Marrocos. A dupla brasileira acelera o UTV Can-Am Maverick X3, o veículo campeão da categoria no Rally Dakar. A terceira etapa da prova será realizada nesta quarta-feira (18) na região de Merzouga em formato maratona, o qual não permite auxílio mecânico externo.

Os brasileiros abriram as disputas em segundo lugar dos UTVs e, nesta terça-feira (17), fizeram o sexto melhor tempo da categoria, de acordo com os resultados extraoficiais. O trajeto do dia trouxe 175,32 quilômetros de especiais (trechos cronometrados) e diversos desafios, como conta o catarinense Gugelmin, atual campeão dos UTVs no Rally Dakar.

“A prova é muito completa e traz todo o tipo de obstáculo, como areias, pedras e navegação pesada. Tive problemas com desidratação nesta segunda etapa, mas estarei recuperado para a encarar a maratona. O Rally Merzouga não chegou nem na metade e a gente está na briga pelo título dos UTVs”, explicou.

Gugelmin segue confiante para os próximos dois dias de prova, que com o formato maratona não permitem manutenção nos equipamentos por parte da equipe de apoio. “O Can-Am Maverick X3 está perfeito, não tivemos qualquer problema. A equipe South Racing Can-Am só teve que fazer a manutenção básica no veículo até agora. Tenho muita confiança no UTV, afinal, já passou pelo maior teste do off-road que é o Rally Dakar”, concluiu.

A disputa dos UTVs traz os competidores da equipe South Racing Can-Am nas três primeiras colocações. Os norte-americanos Casey Currie e Quin Evans são os líderes da classe, seguidos pelos portugueses Ruben Faria e Pedro Velosa. A diferença entre os brasileiros e os ponteiros dos UTVs é de 11min52seg nos resultados acumulados.

O percurso total do Rally Merzouga tem 1159 quilômetros, incluindo 908 de especiais (trechos cronometrados). Os campeões serão conhecidos na próxima sexta-feira (20).

Resultados UTVs – Rally Merzouga (extraoficiais)

Resultados acumulados após duas etapas
1 – Casey Currie/Quin Evans (Estados Unidos) – 08:08:34 – Can-Am Maverick X3
2 – Ruben Faria/Pedro Velosa (Portugal) – 08:12:37 – Can-Am Maverick X3
3 – Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil) – 08:20:26 – Can-Am Maverick X3
4 – Carlos Checa/Marc Serra Jove (Espanha) – 08:20:54
5 – Eric Abel/Christian Manez (França) – 08:54:05

Resultados – 2ª etapa
1 – Casey Currie/Quin Evans (Estados Unidos) – 03:28:03 – Can-Am Maverick X3
2 – Frederic Henricy/Eric Bersey (França) – 03:46:25
3 – Carlos Checa/Marc Serra Jove (Espanha) – 03:51:18
4 – Ruben Faria/Pedro Velosa (Portugal) – 03:51:52 – Can-Am Maverick X3
5 – Eric Abel/Christian Manez (França) – 03:53:36
6 – Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil) – 03:59:26 – Can-Am Maverick X3.

Publicado em CAN-AM