Can-Am Maverick X3 é o UTV de 13 dos 15 primeiros no Rally de Inverno

Edinardo Filho vence seguido por Bruno Varela, que ampliou a liderança da categoria no Brasileiro de Rally Baja 2017
Fonte: Mundo Press

Edinardo Filho no Rally de Inverno com o UTV Can-Am Maverick X3 Crédito: Gustavo Epifânio/DFotos

Edinardo Filho no Rally de Inverno com o UTV Can-Am Maverick X3 Crédito: Gustavo Epifânio/DFotos

Sensação da temporada 2017, o Can-Am Maverick X3 é o UTV de 13 dos 15 primeiros no Rally de Inverno. O evento terminou neste domingo (16) após dois dias de disputas em São Manuel, interior paulista, e foi válido como sétima e oitava etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja. O cearense Edinardo Rodrigues Filho foi o mais rápido da prova, seguido por Bruno Varela, de acordo com os resultados extra-oficiais. O paulista ainda ampliou vantagem na liderança da briga pelo título nacional da categoria.

Filho também cravou o melhor tempo na classe UTV Pró, assim como Vinícius Gomes da Silva na Production Turbo e Reinaldo Cangueiro na Over 45 (na frente de Valdir do Amaral). “Foi a primeira vez que competi nessas condições, a começar pelo clima frio. Eu também não estava acostumado em correr no meio do canavial e com tantos saltos, mas a adaptação foi rápida e deu para brincar”, comentou o modesto piloto cearense, representante da equipe Terrabella Racing. “Acelerei o Can-Am Maverick X3 X RS original e foi perfeito”, acrescentou Filho.

Bruno Varela foi outro que saiu satisfeito. “Foi um ótimo fim de semana. Apesar de alguns problemas, como pneu furado e erro no caminho, mantive um bom ritmo e consegui abrir ainda mais vantagem na liderança do Brasileiro”, disse. “O Can-Am Maverick X3 X RS continuou surpreendendo todo mundo. O veículo é sensacional nos saltos, curvas e no trial, simplesmente não tem o que falar”, concluiu. Patrocinado pela Can-Am, o Rally de Inverno também teve categorias para quadriciclos, motos e carros.

Resultados Extra-Oficiais – Rally de Inverno 2017

Categoria UTVs
1 – #139 – EDINARDO RODRIGUES FILHO – 4:07:16 – Can-Am Maverick X3
2 – #104 – BRUNO VARELA – 4:09:00 – Can-Am Maverick X3
3 – #115 – MAURICIO PENA ROCHA – 4:09:04 – Can-Am Maverick X3
4 – #142 – ANDRE HORT – 4:10:38 – Can-Am Maverick X3
5 – #110 – WILKER CAMPOS – 4:13:01 – Can-Am Maverick X3
6 – #130 – NUNO FOJO – 4:13:03
7 – #135 – LUCAS BARROSO – 4:13:57 – Can-Am Maverick X3
8 – #106 – ERIK EVANDRO DONATTO – 4:16:42 – Can-Am Maverick X3
9 – #127 – ADRIANO BENVENUTTI – 4:18:51 – Can-Am Maverick X3
10 – #116 – VINICIUS GOMES DA SILVA – 4:21:30 – Can-Am Maverick X3
11 – #133 – REINALDO CANGUEIRO – 4:21:54 – Can-Am Maverick X3
12 – #111 – VALDIR AMARAL – 4:22:28 – Can-Am Maverick X3
13 – #138 – CRISTIANO VICENTE – 4:26:25 – Can-Am Maverick X3
14 – #124 – GUSTAVO LAPERTOSA – 4:31:49 – Can-Am Maverick X3

15 – #113 – LEANDRO FRACASSI – 4:34:17

Publicado em CAN-AM, Campeonato Brasileiro de Rally Baja Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , |

Brasileiro de Rally Baja – Can-Am defende liderança dos UTVs

Rally de Inverno vale pontos na briga pelo título nacional e movimenta o interior paulista neste fim de semana (15 e 16); Líder Bruno Varela é um dos destaques
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela a bordo do Can-Am Maverick X3  Crédito: Gustavo Epifânio

Bruno Varela a bordo do Can-Am Maverick X3 Crédito: Gustavo Epifânio

A elite da categoria UTVs está a caminho do 1º Rally de Inverno, marcado para este fim de semana (15 e 16) em São Manuel, interior paulista. O evento vale como sétima e oitava etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja e é patrocinado pela Can-Am. A marca canadense domina a briga dos UTVs a bordo dos veículos Maverick X3: o piloto Bruno Varela é o líder na classificação geral, seguido por Rodrigo Varela.

A base da corrida será o Recinto Mário Covas e ainda haverá categorias para quadriciclos, motos e carros. O percurso será formado por 258 quilômetros em cada dia, incluindo 208 km de especiais (trechos cronometrados). Estão inscritos 45 UTVs até o momento, o que representa o maior grid da temporada 2017 nas provas válidas pelo Brasileiro de Rally Baja.

Além dos irmãos Varela, a disputa terá Deninho Casarini e Lucas Barroso, que também são embaixadores da Can-Am no Brasil. Gustavo Lapertosa (terceiro colocado dos UTVs), Reinaldo Cangueiro (líder da Over 45), Edinardo Filho, Adriano Benvenutti, Enrico Amarante e o experiente Edu Piano são outros destaques com o Can-Am Maverick X3. “A categoria está muito forte e eu pretendo pisar fundo. O objetivo é manter a liderança até o fim do ano”, disse Bruno Varela.

“Espero uma prova prazerosa em São Manuel, com todos os tipos de terrenos e obstáculos como saltos, altas velocidades e trechos arenosos. O X3 está perfeito e com desempenho incrível, não tive qualquer tipo de problema desde o início do ano. Desde que eu comecei a competir de UTV que não tenho uma temporada tão tranquila nesse sentido”, completou o piloto, que entrou para a equipe Can-Am no início de 2017.

Ação social – Nos bastidores, a programação do Rally de Inverno já começou com a ação social do Ideia Fixa, no início de julho. Os voluntários marcaram presença na escola Milton Monti, em São Manuel, para uma festa junina repleta de solidariedade.

Houve apresentação teatral e distribuição de kits com livros e produtos de higiene bucal, pessoal e de beleza, além de dança e muita comida típica. O Ideia Fixa tem a parceria da Can-Am e 15 anos de atuação, com mais de 209 toneladas de doações entregues em 16 Estados brasileiros.

Publicado em Campeonato Brasileiro de Rally Baja Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , |

UTVs e quadriciclos fazem sucesso em expedições pelo país

Veículos off-road da Can-Am garantem diversão na Serra da Canastra (MG) e no passeio entre Domingos Martins (ES) e Teixeira de Freitas (BA)
Fonte: Mundo Press

Expedição da concessionária BRP Boreal na Serra da Canastra (MG) Crédito: Divulgação/Boreal

Expedição da concessionária BRP Boreal na Serra da Canastra (MG) Crédito: Divulgação/Boreal

O Brasil é um verdadeiro parque de diversões para quem gosta de viver aventuras no ambiente off-road. Por conta da segurança, do prazer na pilotagem e do conforto, os UTVs e os quadriciclos fazem sucesso e tornam paisagens isoladas muito mais acessíveis.

As concessionárias BRP espalhadas pelo país oferecem diversas opções de expedições e passeios para os proprietários de quadris e UTVs. Nas últimas semanas, os veículos Can-Am garantiram a diversão na Serra da Canastra (MG) e no roteiro entre Domingos Martins (ES) e Teixeira de Freitas (BA).

Em solo mineiro, a aventura contou com sete UTVs Can-Am, entre eles três unidades do novíssimo Maverick X3. A organização foi da concessionária BRP Boreal de Campo Grande (MS) com o suporte da Bike Box. “O grupo percorreu cerca de 800 quilômetros em quatro dias e foi formado por pilotos experientes no off-road, muitos deles competidores de moto, e que adoram a emoção e o contato com a natureza proporcionados pelos UTVs”, contou Guilherme Ribeiro, da Boreal.

A cidade de São João Batista do Glória (MG) serviu como base. “Além da segurança e da estrutura, que contou com três carros de apoio, todos elogiaram a natureza da Serra da Canastra, que é um dos lugares mais lindos que eu já conheci. Há muitas trilhas por lá, com terreno acidentado, pedras grandes e soltas e travessia de rios. Deu tudo certo e não houve quebras, fizemos apenas a revisão básica dos veículos no final de cada dia”, acrescentou Ribeiro.

A expedição que ligou Domingos Martins (ES) e Teixeira de Freitas (BA) contou com 11 quadriciclos e sete UTVs, a maioria deles da Can-Am. Foram quatro dias e quase 600 quilômetros percorridos, sendo que o roteiro ainda incluiu pernoites nas cidades de Marilândia e Itaúnas, no Espirito Santo. A viagem foi organizada pela concessionária BRP Vittacar, presente em Vitória (ES), Linhares (ES) e em Teixeira de Freitas (BA).

“O trajeto teve montanhas, praias, estradas de terra, belas paisagens e muito prazer em pilotar”, contou Alessandro Feitosa, da Vittacar. “A turma, formada por 24 pessoas, é assídua nos passeios off-road e o clima foi bastante descontraído. Nós não tivemos nenhuma dificuldade para completar a expedição. A próxima será realizada em novembro, para a Chapada Diamantina, e até lá teremos outros passeios mais curtos aos fins de semana”, concluiu Feitosa.

Para mais informações, os contatos da Vittacar são os telefones (27) 3200-3810 e (73) 3291-0474. O atendimento da equipe da Boreal é feito pelo telefone (67) 3046-8282. A rede de concessionárias BRP oferece diversas opções de passeios pelo país, descubra a loja mais próxima e consulte a programação

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM Com a tag , , , , , , , , , , |

Bananalama 2017 tem trilha exclusiva para quadriciclos e UTVs

Apontado como o maior encontro de trilheiros do mundo, evento agita Corupá (SC) entre os dias 6 e 9 de julho e sorteia quadri Can-Am Outlander 570
Fonte: Mundo Press

Quadriciclo Can-Am Outlander 570 será sorteado entre os participantes do Bananalama 2017

A cidade de Corupá, em Santa Catarina, vai ficar pequena para o Bananalama, reconhecido pelo Guiness World Records como o maior encontro de trilheiros do mundo. Em 2017, o evento será realizado entre os dias 6 e 9 de julho e conta com o apoio da concessionária BRP Sanáutica. Haverá trilha exclusiva para os fãs de quadriciclos e UTVs, a partir das 9h deste domingo.

A base do evento será o Seminário Sagrado Coração de Jesus e o participantes concorrerão a um quadriciclo Can-Am Outlander 570, além de motocicletas off-road. A programação também inclui a tradicional trilha para motos (no domingo, às 9h30), apresentações e shows musicais. Os portões terão acesso livre ao público nos dias 6 e 9, sendo que nos dias 7 e 8 haverá venda de ingressos. A organização espera mais de 60 mil pessoas no Bananalama 2017.

“Eles esperam bater mais uma vez o recorde mundial de trilheiros e nós estamos na torcida”, comentou Paulo Sakai, da Sanáutica. A marca reconhecida pelo Guiness World Records foi oficializada em 2013, com 3312 participantes na trilha do Bananalama. “O evento possui grande reconhecimento e tem muita identidade com o público da Sanáutica e com os fãs dos quadriciclos e UTVs da Can-Am. A marca é referência no off-road e não poderia estar fora”, continuou.

Logo na entrada do evento, à direita, o público poderá conferir o estande da Sanáutica com as principais novidades da fábrica canadense. Estarão presentes o UTV Can-Am Maverick X3 X RS, a mais nova sensação das trilhas, e os quadriciclos da família Outlander. “Também haverá test drive com produtos. A expectativa é grande para o evento, sem dúvidas será um grande sucesso”, concluiu Sakai.

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , , , , , , , , , |

Deninho Casarini e Luis Felipe Eckel vencem Rally Rota SC entre os UTVs

Evento faz parte do Brasileiro de Rally Cross Country e tem domínio dos veículos Can-Am; Nos quadriciclos, Geison Belmont ganha com o Can-Am Renegade
Fonte: Mundo Press

Deninho Casarini/Luis Felipe Eckel a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally Rota SC 2017 Crédito: Gustavo Epifânio/DFotos

Deninho Casarini/Luis Felipe Eckel a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally Rota SC 2017 Crédito: Gustavo Epifânio/DFotos

As baixas temperaturas e o terreno liso da Serra Catarinense testaram competidores e máquinas no Rally Rota SC, válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Após dois dias de disputas e 565 quilômetros de desafios na região de Lages (SC), o paulista Deninho Casarini e o navegador catarinense Luis Felipe Eckel levaram a melhor entre os UTVs. Eles confirmaram a vitória neste domingo (7).

A dupla cravou o tempo total de 5h02min13 a bordo do Can-Am Maverick X3, que dominou as três primeiras posições do pódio da categoria. Os catarinenses Denisio Nascimento e Idali Bosse alcançaram o segundo lugar (tempo de 5h06min53), seguidos pelos irmãos goianos Enrico e Álvaro Amarante (5h19min04).

Casarini teve a sensação de dever cumprido. “A prova foi técnica e, ao mesmo tempo, muito prazerosa de pilotar. Estou bastante satisfeito com o desempenho do Maverick X3 e com o resultado, ainda mais porque o grid contou com muitos competidores experientes”, concluiu o piloto.

Quadriciclos A marca canadense também ditou ritmo entre os quadriciclos do Rally Rota SC. Geison Belmont, do Rio de Janeiro, foi o grande vencedor com o Can-Am Renegade e o tempo de 5h56min51. “O trajeto testou a eficiência dos competidores e trouxe especiais bem interessantes, técnicas e cansativas. Foi o meu primeiro teste com o quadri e já saí com a vitória, só havia feito um treino breve na minha região”, concluiu Belmont.

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , , , , , , , , |

Quadrijet Racing/Yoda une esporte e solidariedade no Mineiro de Rally

Destaque a bordo dos UTVs Can-Am Maverick X3, equipe doa 100 cobertores na segunda etapa da competição, em Inhaúma (MG)
Fonte: Mundo Press

Gustavo Lapertosa a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Mineiro de Rally de Velocidade Crédito: Sanderson Pereira

Gustavo Lapertosa a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Mineiro de Rally de Velocidade Crédito: Sanderson Pereira

Esporte combina com solidariedade. A Quadrijet Racing/Yoda colocou a fórmula em ação na segunda etapa do Campeonato Mineiro de Rally de Velocidade, no sábado (24) em Inhaúma (MG), e doou 100 cobertores para ações sociais da prefeitura do município. De quebra, a equipe conquistou posições de destaque na classificação geral e entre os UTVs, a bordo do novo Can-Am Maverick X3.

“A atmosfera do evento estava incrível. O clima foi de confraternização e ainda conseguimos nos unir para ajudar pessoas que precisam. Os cobertores serão encaminhados a instituições que dão suporte a crianças e idosos carentes”, comentou Gustavo Lapertosa. O piloto mineiro foi o segundo mais rápido dos UTVs e entre todos os outros veículos na prova (quadriciclos, motos, carros e protótipos), na frente de Maurício Rocha. Na classe UTV 45, Paulo Feitosa foi o vencedor, seguido por Valdir Amaral, da Amaral’s Racing – outra parceira da Quadrijet Racing/Yoda.

Gustavo Lapertosa (à direita) na entrega das doações no Mineiro de Rally de Velocidade Crédito: Sanderson Pereira

Gustavo Lapertosa (à direita) na entrega das doações no Mineiro de Rally de Velocidade Crédito: Sanderson Pereira

“O Campeonato Mineiro voltou com força total e abraçou os competidores que vieram de fora. Os UTVs foram maioria no grid, com 27 veículos entre os 50 inscritos, e garantiram muita diversão nas trilhas”, continuou Lapertosa. “O percurso teve 25 quilômetros por estradas de terra, trechos travados e curvas bem fechadas. Foram quatro voltas no circuito com piso seco e muito pó e fesh fesh, o que deixou as disputas ainda mais técnicas.”

Sobre o Can-Am Maverick X3, Lapertosa só tem elogios. “O UTV é magnífico. Eu nunca tinha pilotado um veículo que proporcionasse tamanha diversão, velocidade e segurança nas provas”, concluiu. O Mineiro de Rally de Velocidade programou quatro etapas para a temporada 2017 e a próxima está marcada para o dia 9 de setembro, em Ouro Branco (MG).

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , , , , , , , , , |

BRP conquista quatro troféus no “Good Design Australia Awards”

Com 59 anos de história, premiação é referência do segmento de design e inovação no mercado australiano
Fonte: Mundo Press

Denis Lapointe e os troféus da BRP no Good Design Australia Awards 2017 Crédito: Divulgação/BRP

Denis Lapointe e os troféus da BRP no Good Design Australia Awards 2017 Crédito: Divulgação/BRP

A BRP celebrou a conquista de quatro troféus no “Good Design Australia Awards 2017”, realizado em Sydney, Austrália, no último dia 8 de junho. A premiação aponta as marcas que são referência em design e inovação desde 1958 e é reconhecida como a principal do segmento no mercado australiano.

O feito volta a destacar o design único dos produtos assinados pela BRP, os quais já renderam mais de 70 prêmios internacionais em todo o mundo. No evento australiano, a BRP conquistou troféus na categoria “Design de Produto Automotivo e de Transporte” por inovações na terra e na água.

Foram premiados os UTVs Can-Am Defender MAX e Can-Am Maverick X3, o motor de popa Evinrude E-TEC G2 150-200 HP e a moto aquática Sea-Doo Spark Trixx. Denis Lapointe, vice-presidente sênior de design e inovação e imagem corporativa da BRP, foi o representante do grupo canadense em Sydney.

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , , , , , , , , |

UTVs Can-Am Maverick X3 voam baixo no Rally Baja Jalapão

Denisio Nascimento/Idali Bosse ganha a prova, enquanto Enrico Amarante/Álvaro Amarante e Lucas Barroso/Breno Rezende vencem etapas do Brasileiro de Rally Cross Country
Fonte: Mundo Press

Lucas Barroso/Breno Rezende a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Rally Baja Jalapão 2017 Crédito: Doni Castilho/DFotos

Lucas Barroso/Breno Rezende a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Rally Baja Jalapão 2017 Crédito: Doni Castilho/DFotos

Os competidores a bordo do novo UTV Can-Am Maverick X3 voaram baixo nas areias do Rally Baja Jalapão, no Tocantins. Após dois dias de disputas e mais de mil quilômetros percorridos, a dupla formada por Denísio Nascimento e Idali Bosse confirmou o título da prova neste domingo (4) em Palmas (TO).

O evento também foi válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, no qual Enrico Amarante/Álvaro Amarante venceu a quinta etapa (com a impressionante marca de nove minutos de vantagem sobre Nascimento/Bosse) e Lucas Barroso/Breno Rezende, a sexta. Patrocinado pela Can-Am, o Rally Baja Jalapão teve largada e chegada na capital do Tocantins, com pernoite em São Félix do Jalapão.

O percurso testou homens e máquinas em diversos tipos de desafios, como terreno arenoso, cascalho, piçarra, estradas de fazendas e trechos de altas velocidades. “Foi uma prova incrível, de alto nível técnico e muito bem organizada. De quebra, tivemos um ótimo treino para o Rally dos Sertões”, concluiu o catarinense Nascimento.

Ação social – De forma paralela, a programação do Rally Baja Jalapão espalhou carinho e muita alegria na ação social coordenada pelo projeto Ideia Fixa. Os voluntários estiveram em contato direto com 100 crianças no Centro de Eventos de São Félix do Jalapão, na última sexta-feira (2). A visita teve apresentação de teatro de personagens e entrega de kits com produtos de higiene pessoal e beleza, de material escolar e de livros infantis. O Ideia Fixa tem a parceria da Can-Am e 15 anos de atuação, com mais de 207 toneladas de doações entregues em 16 Estados brasileiros.

Foto: Doni CastilhoFoto: Doni Castilho

Rally Baja Jalapão – UTVs

Resultados acumulados (após dois dias de prova)
1 – Denísio Nascimento/Idali Bosse – 7h56min02 – Can-Am Maverick X3
2 – Edinardo Filho/Lauro Sobreira – 8h00min51 – Can-Am Maverick X3
3 – Leonardo Beleza/ Rogerio Almeida – 8h21min39
4 – Edu Piano/Solon Mendes – 8h26min11 – Can-Am Maverick X3
5 – Matheus Sales/Gabriel Dall Agnol – 8h26min39

Resultados deste domingo (4/6), válidos pela 6ª etapa do Brasileiro de Rally Cross Country
1 – Lucas Barroso/Breno Resende – 3h20min02 – Can-Am Maverick X3
2 – Denísio Nascimento/Idali Bosse – 3h22min50 – Can-Am Maverick X3
3 – Edinardo Filho/Lauro Sobreira – 3h26min55 – Can-Am Maverick X3
4 – Euclides Benvenuti Jr/ Marcos Pastein – 3h33min09
5 – Matheus Sales – 3h37min56

Resultados deste sábado (3/6), válidos pela 5ª etapa do Brasileiro de Rally Cross Country
1 – Enrico Amarante / Álvaro Amarante – 4:24:11.2 – Can-Am Maverick X3
2 – Denisio Nascimento / Idali Bosse – 4:33:11.8 – Can-Am Maverick X3
3 – Edinardo Filho / Lauro Sobreira – 4:33:55.3 – Can-Am Maverick X3

4 – Cristiano Batista – 4:35:47.2
5 – Leonardo Beleza / Rogério Almeida – 4:42:48.0

Publicado em CAN-AM, Rally Cross Country Com a tag , , , , , , , , , , , , , , |

Rally Baja Jalapão desafia pilotos e máquinas neste fim de semana

Evento patrocinado pela Can-Am soma pontos para o Brasileiro de Rally Cross Country e inclui 1019 quilômetros de percurso no Tocantins
Fonte: Mundo Press

Lucas Barroso e Breno Rezende a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 Crédito: Claudinei Sandro/DFotos

Lucas Barroso e Breno Rezende a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 Crédito: Claudinei Sandro/DFotos

As areias do Rally Baja Jalapão, no Tocantins, reservam muitos desafios para homens e máquinas neste fim de semana (3 e 4). Válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, o evento patrocinado pela Can-Am inclui 1019 quilômetros de percurso, sendo 643 de especiais (trechos cronometrados). A largada e a chegada serão no Shopping Capim Dourado, na capital Palmas.

A prova reúne categorias para UTVs, quadriciclos, motos e carros, com pernoite em São Félix do Jalapão. Além das areias da região, muitas vezes comparada a um deserto, o percurso apresenta cascalho, piçarra, estradas de fazendas e trechos de altas velocidades. “A diversidade de terrenos é o diferencial da prova, que é fantástica, e também testa os participantes ao máximo por conta do forte calor”, explicou Enrico Amarante, líder dos UTVs no campeonato nacional ao lado do navegador Álvaro Amarante.

Os irmãos goianos aceleram o Can-Am Maverick X3, a nova sensação das provas de rali. “O UTV é simplesmente inacreditável, oferece ótima pilotagem e um sistema de amortecimento sem igual. O que fizemos foi instalar os itens obrigatórios para a corrida e alguns ajustes pessoais, que valorizam a nossa tocada”, acrescentou Enrico.

Outro confirmado no grid dos UTVs é o cearense Lucas Barroso, tetracampeão do Rally Piocerá. “Será a minha estreia na prova e estou ansioso para encarar o temido Jalapão pela primeira vez. Eu sou acostumado a andar na areia e tenho muita confiança no Can-Am Maverick X3. Espero fazer bonito por lá”, concluiu o piloto, que conta com o navegador Breno Rezende.

Ação social – Mais do que adrenalina e espírito esportivo, o Rally Baja Jalapão vai espalhar solidariedade para 100 crianças de São Félix do Jalapão. Os voluntários do projeto Ideia Fixa estarão no Centro de Eventos da cidade neste sábado (3), às 15h, para distribuir presentes e muito carinho.

Além da apresentação de teatro com personagens, haverá entrega de kits com produtos de higiene pessoal e beleza, material escolar e livros infantis. O Ideia Fixa tem a parceria da Can-Am e 15 anos de atuação, com mais de 207 toneladas de doações entregues em 16 Estados brasileiros.

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , , , , , , , , , , , , |

Passeio para UTVs e quadris destaca a região serrana de Macaé, no RJ

Grupo formado por 11 veículos Can-Am vai de Niterói a Sana, distrito do município fluminense repleto de mata atlântica, cachoeiras e belas paisagens
Fonte: Mundo Press

Passeio da concessionária BRP Quadricenter entre Niterói e Sana, em Macaé (RJ) Crédito: Divulgação/Quadricenter

Passeio da concessionária BRP Quadricenter entre Niterói e Sana, em Macaé (RJ) Crédito: Divulgação/Quadricenter

Considerada a “Capital Nacional do Petróleo”, Macaé, no Rio de Janeiro, reserva muitas belezas naturais na região serrana. Um exemplo é o distrito de Sana, repleto de mata atlântica, cachoeiras e belas paisagens. O lugar foi destino de um passeio que reuniu nove UTVs e dois quadriciclos Can-Am nos últimos dias (26, 27 e 28), com partida e chegada em Niterói, no litoral fluminense.

“Foram 600 quilômetros de aventura e muita diversão”, contou Leonardo Lattanzi, da concessionária BRP Quadricenter, organizadora do evento. “Reunimos 11 participantes e saímos de Niterói na sexta às 9h30. Andamos por fazendas e estradas antigas, chegando em Sana às 18h. No sábado, fizemos trilhas na Aldeia Velha até a represa de Tapera, que também fica em Macaé”, detalhou.

O passeio teve muita confraternização entre os fãs do off-road. “Fechamos o dia com churrasco na pousada e música ao vivo. No domingo, voltamos a Niterói com as energias renovadas”, concluiu Lattanzi. A Quadricenter tem programação agitada de passeios, sendo que o próximo será entre os dias 21 e 23 de julho, entre Niterói e Cabo Frio, na Região do Lagos. Para mais informações, os contatos são 21 2608-2290 (loja de Niterói) ou 21 2051-6000 (loja na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro).

Publicado em BRP CAN-AM ADVENTURE TOURS, CAN-AM Com a tag , , , , , , , , , , |