Can-Am Maverick X3 é o UTV dos sete primeiros no Rally Serra Azul

Bruno Varela vence a prova e amplia liderança da categoria no Campeonato Brasileiro de Rally Baja
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Rally Serra Azul Crédito: Sanderson Pereira

Bruno Varela a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Rally Serra Azul Crédito: Sanderson Pereira

O veículo Can-Am Maverick X3 ditou ritmo no Rally Serra Azul e dominou as sete primeiras posições entre os UTVs, a divisão que mais cresce nas competições off-road. O piloto Bruno Varela confirmou a vitória nos quilômetros finais, com 30 segundos de vantagem sobre André Hort. A prova contou com o patrocínio da Can-Am e foi realizada neste fim de semana (7 e 8 ) em Itupeva, interior paulista, com 396 quilômetros de desafios (244 deles de trechos cronometrados).

O desempenho confirma a boa fase por qual passa Bruno Varela, o atual campeão dos UTVs no Rally dos Sertões. Com a vitória, o caçula da conhecida “Família da Poeira” ainda amplia liderança na classificação geral e na categoria UTV Pró pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja. O Rally Serra Azul valeu como nona e 10ª etapas do calendário nacional da modalidade.

“Foi a primeira vez que eu venci a classificação geral dos UTVs em uma etapa do Brasileiro de Baja, o que trouxe um sabor mais especial”, contou Bruno Varela. “Choveu muito no primeiro dia de prova, foi preciso acelerar totalmente focado para não errar. O sol apareceu neste domingo e vi que dava para forçar o ritmo e buscar a vitória. O Can-Am Maverick X3 foi perfeito o tempo todo, chegou inteiro no final”, concluiu o piloto.

Rally Serra Azul – Resultado final acumulado dos UTVs
1 – #103 – BRUNO VARELA – 3:15:51 – Can-Am Maverick X3
2 – #102 – ANDRE HORT – 3:16:22 – Can-Am Maverick X3
3 – #104 – CRISTIANO BATISTA – 3:17:55 – Can-Am Maverick X3
4 – #105 – RODRIGO VARELA – 3:19:40 – Can-Am Maverick X3
5 – #122 – ANDRE MACEDO CORREA – 3:20:48 – Can-Am Maverick X3
6 – #132 – REINALDO CANGUEIRO – 3:20:53 – Can-Am Maverick X3
7 – #118 – RODRIGO BETTI – 3:29:37 – Can-Am Maverick X3

Publicado em CAN-AM, Campeonato Brasileiro de Rally Baja Com a tag , , , , , , , , , , , , |

Entrevista com Robert Lumley, da BRP

“Nossos produtos não se tratam apenas de performance, ou experiências externas, é também sobre descobrir partes do país, onde pessoas nunca poderiam ter acesso se não fossem através dos nossos produtos. Eu acho que isso adiciona a dimensão de diversão que te permite descobrir o país, a combinação dessas duas coisas são incríveis.”

Clique aqui e confira o vídeo.

Confira o vídeo em nosso canal

Confira o vídeo em nosso canal

Confira a linha completa da Can-Am.

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , , , , , , |

Categoria para UTVs é destaque no Rally Serra Azul

Prova soma pontos para o Brasileiro de Rally Baja, com a presença do atual campeão do Rally dos Sertões Bruno Varela a bordo do Can-Am Maverick X3
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela, campeão do Rally dos Sertões 2017 e líder do Brasileiro de Rally Baja, com o UTV Can-Am Maverick X3 Crédito: Marcelo Machado

Bruno Varela, campeão do Rally dos Sertões 2017 e líder do Brasileiro de Rally Baja, com o UTV Can-Am Maverick X3 Crédito: Marcelo Machado

O Rally Serra Azul promete disputas acirradas neste fim de semana (7 e 8 ) em Itupeva, no interior paulista. Válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja, o evento conta com o patrocínio da Can-Am e reúne motocicletas, quadriciclos e UTVs – a classe que mais cresce nas competições off-road. A concentração da prova será o Quality Resort & Convention Center, localizado no complexo do Shopping Serra Azul.

O grid dos UTVs já tem 33 veículos, entre eles o do campeão da categoria no Rally dos Sertões 2017 Bruno Varela. Com o UTV Can-Am Maverick X3, o piloto lidera a classificação geral e a UTV Pró no Brasileiro de Rally Baja, seguido pelo irmão Rodrigo Varela, ambos da equipe Divino Fogão Rally Team. A lista de inscritos inclui mais nomes de peso a bordo do Can-Am Maverick X3, como Gustavo Lapertosa (equipe Quadrijet Racing/Yoda) e Edu Piano. Os competidores têm pela frente 396 quilômetros de percurso no total.

“Estou muito animado para acelerar depois do título no Rally dos Sertões”, contou Bruno Varela. “A taça trouxe ainda mais força para brigar pelo Brasileiro de Baja, e por enquanto a disputa está em família. O Can-Am Maverick X3 foi impecável durante toda a temporada e está pronto para o desafio. Conheço bastante a região do Serra Azul, foi onde eu tive a minha primeira experiência com um UTV em 2012”, lembrou.

Solidariedade na trilha – A programação do Rally Serra Azul também tem espaço para solidariedade. As ações sociais do Projeto Ideia fixa serão realizadas às 9h30 desta sexta-feira (6) na EMEFEI Fazenda Calixto, em Itupeva. “Nossa visita vai além da festa e da entrega de doações. Os objetivos são que o Teatro da Turma do Tupício valorize a leitura e as artes e que as crianças possam guardar na memória grandes lições de um momento tão rico, solidário e alegre”, explicou Tânia Mara Carvalho, responsável pelo Ideia fixa.

Com 15 anos de atuação nos bastidores dos principais ralis do país, o projeto tem a Can-Am como parceira e já beneficiou mais de 142 mil pessoas em 17 Estados brasileiros. As doações entregues somam 210 toneladas entre móveis, roupas, calçados, alimentos, brinquedos e kits de higiene bucal e pessoal, incluindo a distribuição de 163 mil livros novos e usados.

Programação* – Rally Serra Azul
06/10 – Sexta-feira
Local: Quality Resort & Convention Center (Rodovia dos Bandeirantes, km 72, ao lado do Shopping Serra Azul, Itupeva)
8h – Abertura da área de box
19h30 – Briefing

Local: EMEFEI Fazenda Calixto (Rua Augusto Cavadini, 1701, Bairro Mont Serrat, Itupeva)
9h30 – Ação social Projeto Ideia Fixa

07/10 – Sábado – 1ª Etapa
Local: Quality Resort & Convention Center (Rodovia dos Bandeirantes, km 72, ao lado do Shopping Serra Azul)
8h – Super Prime – 12 km
11h – Largada na especial (trecho cronometrado)
19h30 – Briefing

Distâncias do dia:
Deslocamento inicial: 38 km
Trecho especial: 122 km
Deslocamento final: 38 km
TOTAL: 198 km

8/10 – Domingo – 2ª Etapa
Local: Quality Resort & Convention Center (Rodovia dos Bandeirantes, km 72, ao lado do Shopping Serra Azul)
9h – Largada na especial
15h – Premiação

Distâncias do dia:
Deslocamento inicial: 38 km
Trecho especial: 122 km
Deslocamento final: 38 km
TOTAL: 198 km

Percurso total da prova: 396 km

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Publicado em CAN-AM, Campeonato Brasileiro de Rally Baja Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , |

Passeio no RJ reúne quadris e UTVs pelo décimo ano consecutivo

Com 45 veículos Can-Am, expedição entre Niterói e Cantagalo realizada pela concessionária BRP Quadricenter já é tradicional no calendário off-road
Fonte: Mundo Press

Passeio da concessionária BRP Quadricenter entre Niterói e Cantagalo, no Rio de Janeiro Crédito: Divulgação/Quadricenter

Passeio da concessionária BRP Quadricenter entre Niterói e Cantagalo, no Rio de Janeiro Crédito: Divulgação/Quadricenter

Pelo décimo ano consecutivo, a expedição entre Niterói e Cantagalo, no Rio de Janeiro, foi um verdadeiro sucesso. O tradicional passeio organizado pela concessionária BRP Quadricenter reuniu 30 UTVs e 15 quadriciclos Can-Am entre os dias 25 e 27 de agosto. A base foi o Fazenda Gamela Eco Resort, com estrutura completa para os participantes e seus familiares.

“O hotel foi fechado para os clientes da Quadricenter. No primeiro dia, saímos às 8h de Niterói e cumprimos 306 quilômetros de percurso. Estava frio no caminho, chegou a marcar oito graus, e desembarcamos em Cantagalo às 22h. Além dos que aproveitaram a trilha, muitos amigos e familiares foram direto para o hotel e tivemos cerca de 200 pessoas presentes no fim de semana”, contou Leonardo Lattanzi, da concessionária BRP responsável pelo evento.

“A programação teve mais trilhas e churrasco no chão no segundo dia, com festa à noite no hotel. Já o último dia foi livre, com feijoada e música no almoço, para completar. O evento foi um grande sucesso mais uma vez, sempre com grande clima de confraternização entre os participantes, que já se tornaram amigos”, concluiu Lattanzi.

O calendário da Quadricenter é bastante movimentado. A concessionária organiza com frequência eventos que envolvem os produtos assinados pela BRP, o que inclui os veículos off-road e roadsters Spyder da Can-Am e as motos aquáticas da Sea-Doo. Para mais informações, os interessados devem entrar em contato nos telefones 21 2608-2290 (loja Niterói) e 21 2051-6000 (loja Barra da Tijuca, Rio de Janeiro).

Publicado em CAN-AM Com a tag , , , , , , , , , |

Rally dos Sertões – Bruno Varela e João Arena comemoram título dos UTVs

Can-Am confirma pentacampeonato da categoria com o veículo Maverick X3, que dominou o Top 15 dos UTVs na edição de 25 anos do evento.
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela/João Arena a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017. Crédito: Victor Eleutério/DFotos

Bruno Varela/João Arena a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017. Crédito: Victor Eleutério/DFotos

O piloto Bruno Varela e o navegador João Arena, de São Paulo, são os grandes campeões dos UTVs no 25º Rally dos Sertões. A dupla confirmou a taça inédita neste sábado (26), no sétimo e último dia de prova, que terminou na rampa de chegada em Bonito (MS) após 3300 km de desafios – 1999 km de trechos cronometrados. A conquista representou o quinto título consecutivo da Can-Am na categoria. A fábrica canadense foi soberana e dominou o Top 15 dos UTVs, com os veículos Maverick X3.

Maior rally do país, o Sertões teve início no último dia 20 em Goiânia (GO). Os competidores a bordo dos UTVs Can-Am Maverick X3 protagonizaram as disputas desde o prólogo, travando um revezamento acirrado na liderança da classificação a cada etapa.

Na reta final, o duelo entre Bruno Varela/João Arena e a dupla formada pelo piloto cearense Lucas Barroso e o navegador mineiro Breno Rezende (vencedor do Sertões em 2016) foi de tirar o fôlego. Os paulistas confirmaram o título apenas nos quilômetros finais, com a vantagem de 7min56seg.

“Estamos muito felizes. Foi extremamente difícil vencer o Rally dos Sertões, exigiu bastante garra e paciência”, comemorou Bruno Varela, que é embaixador da Can-Am no Brasil. Ele acelerou o UTV Can-Am Maverick X3 com o upgrade de potência da versão 2018 do veículo, a qual acaba de ser lançada e oferece 172HP.

“O UTV ajudou muito nessa conquista. Foi perfeito desde o início e não apresentou nenhum tipo avaria mecânica diante dos mais duros desafios. O único contratempo que tivemos foi com as rodas que importamos dos Estados Unidos, mas quando colocamos as peças originais do Maverick X3 resolvemos o problema”, acrescentou Bruno Varela.

Com o desempenho, ele e o navegador João Arena ainda faturaram o título da classe UTV Pro Turbo. Na UTV Super Production, os vencedores foram Luiz Rodrigues e Fernando Filho, também a bordo do Can-Am Maverick X3.

Lucas Barroso também é embaixador da Can-Am no Brasil e deu show no Rally dos Sertões. “Lideramos boa parte da prova e a disputa foi eletrizante. O Sertões, sem dúvidas, testou pilotos, navegadores e máquinas. O Can-Am Maverick X3 mostrou a sua força e quem ganhou foi a categoria dos UTVs, que cresce a cada dia”, concluiu.

Resultados (extra-oficiais) – 25º Rally dos Sertões
UTVs – Acumulado após sete etapas (FINAL)
1° – Bruno Varela/João Arena – 25:38:22.61 – Can-Am Maverick X3
2° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 25:46:19.58 – Can-Am Maverick X3
3° – Ismar Júnior/André Galvão de Sá – 26:08:06.49 – Can-Am Maverick X3
4° – Edu Piano/Solon Mendes – 26:14:11.18 – Can-Am Maverick X3
5° – Marcelo Gastaldi/Cláudio Silveira – 26:20:16.96 – Can-Am Maverick X3
6° – Enrico Almeida/Fábio Pedroso – 26:35:44.14 – Can-Am Maverick X3
7° – Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama – 27:03:19.38 – Can-Am Maverick X3
8° – Gabriel Cestari/Edgar Fabre – 27:18:16.97 – Can-Am Maverick X3
9° – Daniel Mahseredjian/Sano Chermont – 27:22:21.80 – Can-Am Maverick X3
10° – Rodrigo Betti/Daniel Crema – 27:54:58.06 – Can-Am Maverick X3
11° – Rodrigo Varela/Idali Bosse – 28:15:23.31 – Can-Am Maverick X3
12° – Gabriel Varela/Gabriel Morales – 28:42:29.88 – Can-Am Maverick X3
13° – Cristiano Batista/Robledo Nicoletti – 28:47:24.03 – Can-Am Maverick X3
14° – Allan Cestari/Weidner Moreira – 28:58:59.35 – Can-Am Maverick X3
15° – Luiz Rodrigues/Fernando Filho – 29:37:45.00 – Can-Am Maverick X3

Publicado em Can-Am no Sertões

Rally dos Sertões – Campeões dos UTVs serão definidos neste sábado (26)

A bordo do Can-Am Maverick X3, Lucas Barroso e Breno Rezende lideram com 1min24seg de vantagem sobre Bruno Varela e João Arena; Chegada será em Bonito-MS
Fonte: Mundo Press

Lucas Barroso/Breno Rezende a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017 Crédito: Victor Eleutério/DFotos

Lucas Barroso/Breno Rezende a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017 Crédito: Victor Eleutério/DFotos

Os campeões dos UTVs serão definidos nos metros finais do 25º Rally dos Sertões. A sétima e última etapa da prova está marcada para este sábado (26) entre Aquidauana e Bonito, no Mato Grosso do Sul, com 420 quilômetros de percurso – 240 deles de trechos cronometrados. A bordo do Can-Am Maverick X3, o piloto cearense Lucas Barroso e o navegador mineiro Breno Rezende lideram com apenas 1min24seg de vantagem sobre os paulistas Bruno Varela e João Arena. Os resultados são extra-oficiais.

A Can-Am é a atual tetracampeã dos UTVs e está muito próxima de conquistar mais uma taça. Incluindo os resultados desta sexta-feira (25), quando foi realizada a sexta etapa entre Coxim-MS e Aquidauana-MS, a fábrica canadense passou a dominar o Top 15 da categoria com os veículos Maverick X3.

Lucas Barroso está motivado. “Vamos para o tudo ou nada. Conseguimos retomar a liderança e a estratégia é acelerar o máximo na etapa final para conquistar esse título tão desejado. Chegar no último dia do Sertões com uma diferença pequena entre os ponteiros é muito legal para os UTVs, mostra que a categoria está acirrada e com disputas emocionantes”, disse o cearense.

Bruno Varela também está atrás do seu primeiro título no Rally dos Sertões. “O ‘bicho vai pegar’ na etapa final da prova. Só me resta acelerar com o coração, a garra pode fazer toda a diferença”, concluiu o paulista.

Bruno Varela/João Arena a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017 Crédito: Victor Eleutério/DFotos

Bruno Varela/João Arena a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017 Crédito: Victor Eleutério/DFotos

O Rally dos Sertões teve início em Goiânia (GO) no dia 20 de agosto e também inclui categorias para quadriciclos, motocicletas e carros. No total, a edição de 25 anos do evento é formada por 3300 km (1999 de especiais).

Resultados (extra-oficiais) – 25º Rally dos Sertões
UTVs – 6ª Etapa
1° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 2:11:44.15 – Can-Am Maverick X3
2° – Denisio Nascimento/Emilio Rockenbach – 2:13:12.75 – Can-Am Maverick X3
3° – Bruno Varela/João Arena – 2:13:47.74 – Can-Am Maverick X3
4° – Rodrigo Varela/Idali Bosse – 2:17:18.90 – Can-Am Maverick X3
5° – Enrico Almeida/Fábio Pedroso – 2:18:43.14 – Can-Am Maverick X3
6° – Ismar Júnior/André Galvão de Sá – 2:19:08.23 – Can-Am Maverick X3
7° – Cristiano Batista/Robledo Nicoletti – 2:20:42.70 – Can-Am Maverick X3
8° – Edu Piano/Solon Mendes – 2:21:11.12 – Can-Am Maverick X3
9° – Marcelo Gastaldi/Cláudio Silveira – 2:21:12.26 – Can-Am Maverick X3
10° – Deninho Casarini/Luis Felipe Eckel – 2:23:47.73 – Can-Am Maverick X3

UTVs – Acumulado após seis etapas
1° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 22:33:18.34 – Can-Am Maverick X3
2° – Bruno Varela/João Arena – 22:34:42.65 – Can-Am Maverick X3
3° – Ismar Júnior/André Galvão de Sá – 23:09:39.15 – Can-Am Maverick X3
4° – Edu Piano/Solon Mendes – 23:12:12.50 – Can-Am Maverick X3
5° – Marcelo Gastaldi/Cláudio Silveira – 23:13:05.33 – Can-Am Maverick X3
6° – Enrico Almeida/Fábio Pedroso – 23:36:13.92 – Can-Am Maverick X3
7° – Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama – 23:55:40.48 – Can-Am Maverick X3
8° – Gabriel Cestari/Edgar Fabre – 24:14:55.83 – Can-Am Maverick X3
9° – Daniel Mahseredjian/Sano Chermont – 24:19:36.95 – Can-Am Maverick X3
10° – Rodrigo Betti/Daniel Crema – 24:43:40.83 – Can-Am Maverick X3
11° – Rodrigo Varela/Idali Bosse – 25:13:14.33 – Can-Am Maverick X3
12° – Allan Cestari/Weidner Moreira – 25:45:49.23 – Can-Am Maverick X3
13° – Cristiano Batista/Robledo Nicoletti – 25:56:50.34 – Can-Am Maverick X3
14° – Luiz Rodrigues/Fernando Filho – 26:00:04.36 – Can-Am Maverick X3
15° – Gabriel Varela/Gabriel Morales – 26:56:03.21 – Can-Am Maverick X3

Programação* – 25º Rally dos Sertões

7ª Etapa – 26/8 (sábado)
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
DI (Deslocamento inicial) – 128,62 km
TE (Trecho especial cronometrado) – 240,45 km
DF (Deslocamento final) – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km

Total da prova: 3300,06 km
Total de trechos cronometrados (especiais): 1999,52 km

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Publicado em CAN-AM, Can-Am no Sertões Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , |

Rally dos Sertões – Diferença de 39 segundos separa os ponteiros dos UTVs

Bruno Varela e João Arena assumem liderança, seguidos por Lucas Barroso e Breno Rezende; Veículos Can-Am Maverick X3 dominam Top 13 da categoria.
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela/João Arena a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017 Crédito: Marcelo Maragni/DFotos

Bruno Varela/João Arena a bordo do Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017. Crédito: Marcelo Maragni/DFotos

A categoria para UTVs é um show à parte no 25º Rally dos Sertões. Após cinco dias de prova, os paulistas Bruno Varela e João Arena assumiram a liderança com apenas 39 segundos de vantagem sobre o cearense Lucas Barroso e o mineiro Breno Rezende, de acordo com os resultados extra-oficiais. O percurso desta quinta-feira (24) foi de Barra do Garças (MT) a Coxim (MS), com 666,01 quilômetros (438 de trechos cronometrados).

Tetracampeã do Sertões, a família Can-Am Maverick dominou o Top 13 dos UTVs com os veículos dos modelos X3. A categoria promete mais emoções na sexta e penúltima etapa do roteiro, marcada para esta sexta-feira (25) com destino a Aquidauana (MS). Serão 429 km de trajeto, incluindo 194 de especiais.

“Foi difícil, mas conseguimos assumir a liderança – apesar da vantagem ser muito pequena”, disse o piloto Bruno Varela. “A quinta etapa foi muito boa, com saltos e todos os tipos de terrenos. Foi a especial que eu mais gostei até agora, mas muitos competidores ficaram pelo caminho. O Can-Am Maverick X3 está zero, sem qualquer problema, e agora é acelerar para continuar na frente”, continuou.

O piloto Lucas Barroso também está pronto para as etapas finais do Sertões. “A disputa vai pegar fogo, o que é muito legal para a categoria. A minha estratégia será ter um bom ritmo e acelerar com consciência na sexta etapa, para definir no último dia”, concluiu.

O Rally dos Sertões teve início em Goiânia (GO) no dia 20 de agosto e também inclui categorias para quadriciclos, motocicletas e carros. No total, a edição de 25 anos do evento é formada por 3300 km (1999 de especiais). A chegada será no próximo sábado (26) em Bonito (MS).

Resultados (extra-oficiais) – 25º Rally dos Sertões
UTVs – 5ª Etapa
1° – Ismar Júnior/André Galvão de Sá – 5:10:10.91 – Can-Am Maverick X3
2° – Rodrigo Varela/Idali Filho – 5:10:37.24 – Can-Am Maverick X3
3° – Bruno Varela/João Arena – 5:13:07.95 – Can-Am Maverick X3
4° – Gabriel Varela/Gabriel Morales – 5:19:09.39 – Can-Am Maverick X3
5° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 5:22:43.24 – Can-Am Maverick X3
6° – Edu Piano/Solon Mendes – 5:24:13.45 – Can-Am Maverick X3
7° – Denisio Nascimento/Emilio Rockenbach – 5:24:47.32 – Can-Am Maverick X3
8° – Marcelo Gastaldi/Cláudio Silveira – 5:27:41.50 – Can-Am Maverick X3
9° – Enrico Almeida/Fabio Pedroso – 5:28:39.70 – Can-Am Maverick X3
10° – Daniel Mahseredjian/Sano Chermont – 5:28:49.89 – Can-Am Maverick X3

UTVs – Acumulado após cinco etapas
1° – Bruno Varela/João Arena – 20:20:54.91 – Can-Am Maverick X3
2° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 20:21:34.19 – Can-Am Maverick X3
3° – Ismar Júnior/Andrá Galvão de Sá – 20:50:30.92 – Can-Am Maverick X3
4° – Edu Piano/Solon Mendes – 20:51:01.38 – Can-Am Maverick X3
5° – Marcelo Gastaldi/Cláudio Silveira – 20:51:53.07 – Can-Am Maverick X3
6° – Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama – 21:14:14.86 – Can-Am Maverick X3
7° – Enrico Almeida/Fábio Pedroso – 21:17:30.78 – Can-Am Maverick X3
8° – Gabriel Cestari/Edgar Fabre – 21:44:34.87 – Can-Am Maverick X3
9° – Daniel Mahseredjian/Sano Chermont – 21:55:06.66 – Can-Am Maverick X3
10° – Rodrigo Betti/Daniel Crema – 22:18:58.28 – Can-Am Maverick X3
11° – Rodrigo Varela/Idali Filho – 22:55:55.43 – Can-Am Maverick X3
12° – Luiz Rodrigues/Fernando Filho – 23:05:28.16 – Can-Am Maverick X3
13° – Allan Cestari/Weidner Moreira – 23:07:50.20 – Can-Am Maverick X3

Programação* – 25º Rally dos Sertões
6ª Etapa – 25/8 (Sexta-feira)
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
DI (Deslocamento inicial) – 59,82 km
TE (Trecho especial cronometrado) – 194,91 km
DF (Deslocamento final) – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km

7ª Etapa – 26/8 (sábado)
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
DI – 128,62 km
TE – 240,45 km
DF – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km

Total da prova: 3300,06 km
Total de trechos cronometrados (especiais): 1999,52 km

Publicado em Can-Am no Sertões

Can-Am apresenta Maverick X3 Xrs Turbo R de 172HP no Rally dos Sertões

Atual tetracampeã da categoria UTVs, marca canadense revela a versão 2018 do veículo, que está no maior desafio off-road do país com a dupla Gabriel Varela/Gabriel Morales.
Fonte: Mundo Press

Novo Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R de 172HP no Rally dos Sertões 2017. Crédito: Victor Eleuterio/DFotos

Especificações técnicas do lançamento da Can-Am: ACESSE

O novíssimo Can-Am Maverick X3 Xrs Turbo R de 172HP acaba de desembarcar no Brasil direto para o 25º Rally dos Sertões. Atual tetracampeã da categoria UTV, a marca canadense voltou a revolucionar o segmento de powersports com o lançamento, que representa o Side-By-Side esportivo com a maior potência de fábrica do mercado.

A chegada do Rally dos Sertões será no próximo sábado (26) em Bonito-MT, após 3.300 quilômetros de desafios – incluindo 1.999 km de trechos cronometrados (especiais). O ponto de partida foi a cidade de Goiânia-GO, no último dia 20 de agosto. O novo Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R está em ação com o piloto Gabriel Varela e o navegador Gabriel Morales.

O lançamento do UTV Can-Am Maverick X3, em 2017, já elevou o segmento de powersports ao próximo nível com o motor de 154HP. O visual agressivo e inconfundível, moldado pela cabine Ergo-lock, de cara conquistou os competidores por oferecer contato direto com o “coração” do veículo e sistema de suspensão eficiente, resultando em mais confiança na pilotagem.

Seguro e extremamente estável, o novo Can-Am Maverick X3 Xrs Turbo R 2018 traz todas estas qualidades e ainda representa o UTV esportivo com a maior potência de fábrica do mercado, com seu motor de Eficiência Avançada de Combustão (ACE) Rotax turbocharged de 172HP.

“O potente motor do Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R 2018 é resultado de muito trabalho da fábrica em favor da performance. O DNA de competição está presente em todos os veículos da Can-Am”, explicou Adilson Greco Gaspar, coordenador de marketing e de PAC (Peças, Acessórios e Vestuário) para América Latina da BRP. O grupo é responsável pelos produtos assinados pela Can-Am.

“A versão 2018 traz 12% mais potência e acréscimo de 10% de torque comparada ao modelo 2017. De acordo com testes internos, o lançamento pode ir de 0 a 96km/h em apenas 4,4 segundos, é o UTV com a mais rápida aceleração do segmento”, reforçou Gaspar. O Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R 2018 tem previsão de chegada nas mais de 60 concessionárias BRP espalhadas pelo país em setembro.

Clique aqui e encontre o seu Can-Am.

Publicado em Can-Am Maverick

Rally dos Sertões – Categoria para UTVs tem disputas eletrizantes

Lucas Barroso e Breno Rezende seguem na ponta a bordo do Can-Am Maverick X3; Diferença dos líderes para a dupla em quinto na tabela é de menos de 26 minutos
Fonte: Mundo Press

Bruno Varela/João Arena a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017  Crédito: Marcelo Machado/DFotos

Bruno Varela/João Arena a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017 Crédito: Marcelo Machado/DFotos

Categoria que mais cresce nas competições off-road, os UTVs travam disputas eletrizantes na 25ª edição do Rally dos Sertões. O piloto cearense Lucas Barroso e o navegador mineiro Breno Rezende seguem na liderança com o Can-Am Maverick X3 após a quarta etapa, realizada nesta quarta-feira (23) entre Aruanã-GO e Barra do Garças-MT. O roteiro do dia incluiu 471 quilômetros, 273 deles trechos cronometrados (especiais), e os resultados são extra-oficiais.

Os UTVs reservam ainda mais emoções até a chegada, que será no próximo dia 26 em Bonito (MS), já que menos de 26 minutos separam os cinco primeiros colocados da tabela. O que está claro é o domínio do Can-Am Maverick X3, que representa a escolha de nove duplas do Top 10 da categoria.

“Ainda tem muito rally pela frente, mas espero que a gente consiga manter o bom ritmo e a liderança”, comentou Barroso, em busca do seu primeiro título no Rally dos Sertões. A Can-Am é a atual tetracampeã dos UTVs no maior rally dos país com os veículos da família Maverick.

“A quarta etapa teve muitas retas, altas velocidades e belas paisagens, como o Rio Araguaia. Mais uma vez, terminamos o roteiro sem qualquer problema. Estamos nos sentindo muito bem na prova e o Can-Am Maverick X3 é perfeito, só há necessidade de fazermos a manutenção preventiva no final do dia”, contou Barroso.

Nesta quinta-feira (24), a quinta etapa do Rally dos Sertões tem como destino a cidade de Coxim, no Mato Grosso do Sul. Serão 666 km de percurso e 438 de especiais. O Rally dos Sertões teve início em Goiânia no dia 20 de agosto e também inclui categorias para quadriciclos, motocicletas e carros. No total, a edição de 25 anos da prova é formada por 3300 km (1999 de especiais).

Resultados (extra-oficiais) – 25º Rally dos Sertões
UTVs – 4ª Etapa
1° – Vinicius Rosa/Gustavo Rosa – 2:12:22.70 – Can-Am Maverick X3
2° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 2:13:42.17 – Can-Am Maverick X3
3° – Ruan Oliveira Lima/Rafael Shimuk – 2:14:36.58 – Can-Am Maverick X3
4° – Henrique Gutierrez/Andre Lucas Munhoz – 2:14:40.50
5° – Deninho Casarini/Luis Felipe Eckel – 2:15:29.35 – Can-Am Maverick X3
6° – Bruno Varela/João Arena – 2:16:20.09 – Can-Am Maverick X3
7° – Edu Piano/Solon Mendes – 2:17:07.83 – Can-Am Maverick X3
8° – Cristiano Batista/Robledo Nicoletti – 2:17:19.98 – Can-Am Maverick X3
9° – Euclides Junior/Marcos Panstein – 2:17:24.61 – Can-Am Maverick X3
10° – Rodrigo Varela/Idali Bosse – 2:17:47.40 – Can-Am Maverick X3

UTVs – Acumulado após quatro etapas
1° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 14:58:50.95 – Can-Am Maverick X3
2° – Bruno Varela/João Arena – 15:07:46.96 – Can-Am Maverick X3
3° – Henrique Gutierrez/Andre Lucas Munhoz – 15:11:26.15
4° – Marcelo Gastaldi/Cláudio Silveira – 15:24:11.57 – Can-Am Maverick X3
5° – Edu Piano/Solon Mendes – 15:24:47.93 – Can-Am Maverick X3
6° – Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama – 15:36:40.62 – Can-Am Maverick X3
7° – Ismar Júnior/André Galvão de Sá – 15:40:20.01 – Can-Am Maverick X3
8° – Enrico Almeida/Fábio Pedroso – 15:48:51.08 – Can-Am Maverick X3
9° – Euclides Júnior/Marcos Panstein – 15:52:11.33 – Can-Am Maverick X3
10° – Gabriel Cestari/Edgar Fabre – 16:06:04.38 – Can-Am Maverick X3

Programação* – 25º Rally dos Sertões
5ª Etapa – 24/8 (Quinta-feira)
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
DI (Deslocamento inicial) – 13,85 km
TE (Trecho especial cronometrado) – 438,86 km
DF (Deslocamento final) – 213,30 km
Total do dia: 666,01 km

6ª Etapa – 25/8 (Sexta-feira)
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
DI – 59,82 km
TE – 194,91 km
DF – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km

7ª Etapa – 26/8 (sábado)
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
DI – 128,62 km
TE – 240,45 km
DF – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km

Total da prova: 3300,06 km
Total de trechos cronometrados (especiais): 1999,52 km

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Publicado em CAN-AM, Can-Am no Sertões Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , |

Rally dos Sertões – Lucas Barroso e Breno Rezende chegam à liderança dos UTVs

Após três dias de prova, dupla dita ritmo com o Can-Am Maverick X3; Veículos da família tetracampeã do Sertões dominam o Top 13 da categoria
Fonte: Mundo Press

Lucas Barroso/Breno Rezende a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017  Crédito: Victor Eleutério/DFotos

Lucas Barroso/Breno Rezende a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 no Rally dos Sertões 2017 Crédito: Victor Eleutério/DFotos

O piloto Lucas Barroso e o navegador Breno Rezende conquistaram a liderança entre os UTVs do Rally dos Sertões nesta terça-feira (22), após três dias de desafios. A dupla dita ritmo a bordo do Can-Am Maverick X3, veículo que representa a escolha dos 13 primeiros colocados na briga pelo título da categoria, de acordo com os resultados extra-oficiais. Nesta quarta-feira (23), a caravana do maior rally do país parte de Aruanã (GO) para Barra do Garças (MT). A quarta etapa terá 471 quilômetros de percurso, sendo 273km de trechos cronometrados (especiais).

A Can-Am é a atual tetracampeã dos UTVs no Rally dos Sertões com os veículos da família Maverick. Nesta edição de 25 anos do evento, as máquinas voltaram a mostrar força e resistência na etapa Maratona, que não permitiu qualquer auxílio mecânico externo nos últimos dois dias de prova. A terceira etapa largou de Santa Terezinha de Goiás (GO) e incluiu 306 quilômetros de percurso – 297 deles de especiais.

“Se tivesse mais um dia de Maratona, o Maverick X3 aguentava”, garantiu o cearense Barroso. “Estou muito feliz por termos assumido a liderança dos UTVs. Espero que a gente continue com esse ritmo até o final, sempre acelerando com consciência para chegar da melhor forma, já que ainda tem muito rally pela frente”, continuou o piloto.

Ele destacou o trabalho do mineiro Rezende, que é o navegador atual campeão dos UTVs no Sertões. “A prova está ótima, com muitos saltos, pedras e exigência na navegação. Tenho bastante confiança no Breno e a nossa comunicação está muito boa”, finalizou Barroso. O Rally dos Sertões também inclui categorias para quadriciclos, motocicletas e carros. A chegada está marcada para o dia 26 de agosto em Bonito (MS).

Resultados (extra-oficiais) – 25º Rally dos Sertões
UTVs – 3ª Etapa

1° – Henrique Gutierrez/Andre Lucas Munhoz – 3:33:12.11
2° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 3:34:27.99 – Can-Am Maverick X3
3° – Bruno Varela/João Arena – 3:35:36.96 – Can-Am Maverick X3
4° – Ismar Júnior/André Galvão de Sá – 3:36:44.84 – Can-Am Maverick X3
5° – Vinícius Rosa/Gustavo Rosa – 3:37:05.65 – Can-Am Maverick X3
6° – Deninho Casarini/Luis Felipe Eckel – 3:37:11.96 – Can-Am Maverick X3
7° – Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira – 3:39:40.80 – Can-Am Maverick X3
8° – Euclides Júnior/Marcos Panstein – 3:41:08.66 – Can-Am Maverick X3
9° – Edu Piano/Solon Mendes – 3:44:49.16 – Can-Am Maverick X3
10° – Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama – 3:45:55.93 – Can-Am Maverick X3

UTVs – Acumulado após três etapas
1° – Lucas Barroso/Breno Rezende – 12:49:03.55 – Can-Am Maverick X3
2° – Bruno Varela/João Arena – 12:55:17.57 – Can-Am Maverick X3
3° – Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira – 13:10:01.34 – Can-Am Maverick X3
4° – Edu Piano/Solon Mendes – 13:10:47.68 – Can-Am Maverick X3
5° – Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama – 13:19:49.92 – Can-Am Maverick X3
6° – Ismar Júnior/André Galvão de Sá – 13:24:05.64 – Can-Am Maverick X3
7° – Enrico Almeida/Fábio Pedroso – 13:32:24.43 – Can-Am Maverick X3
8° – Euclides Junior/Marcos Panstein – 13:39:10.29 – Can-Am Maverick X3
9° – Gabriel Cestari/Edgar Fabre – 13:43:35.95 – Can-Am Maverick X3
10° – Daniel Mahseredjian/Sano Chermont – 14:09:53.17 – Can-Am Maverick X3
11° – Rodrigo Betti/Daniel Crema – 14:13:59.79 – Can-Am Maverick X3
12° – Luiz Rodrigues/Fernando Filho – 14:19:46.38 – Can-Am Maverick X3
13° – Cristiano Batista/Robledo Nicoletti – 14:33:23.56 – Can-Am Maverick X3

Programação* – 25º Rally dos Sertões
4ª Etapa – 23/8 (Quarta-feira)
Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)
DI (Deslocamento inicial) – 102,4 km
TE (Trecho especial cronometrado) – 273,20 km
DF (Deslocamento final) – 95,68 km
Total do dia: 471,28 km

5ª Etapa – 24/8 (Quinta-feira)
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
DI – 13,85 km
TE – 438,86 km
DF – 213,30 km
Total do dia: 666,01 km

6ª Etapa – 25/8 (Sexta-feira)
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
DI – 59,82 km
TE – 194,91 km
DF – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km

7ª Etapa – 26/8 (sábado)
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
DI – 128,62 km
TE – 240,45 km
DF – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km

Total da prova: 3.300,06 kmTotal de trechos cronometrados (especiais): 1.999,52 km

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Publicado em CAN-AM, Can-Am no Sertões Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , |